Como organizar melhor o Layout de Gôndolas dentro do supermercado?

Como organizar melhor o Layout de Gôndolas dentro do supermercado?

Você sabia que organizar o layout das gôndolas do supermercado pode ser um diferencial e fator decisivo para o seu negócio? Alterar estrategicamente a forma com que os consumidores vão encontrar os produtos no supermercado pode facilitar a compra e até estimular a venda de produtos que eles nem pensavam que precisavam.

Existem muitos empresários que ainda não conhecem muito sobre as estratégias de arrumação de prateleiras e, por isso, nós criamos este artigo, para facilitar o entendimento. Quais são as melhores formas de organizar o layout do mercado? Como usar na prática?

Continue a leitura para saber a resposta destas e outras perguntas. Vamos lá?

Por que o layout das gôndolas é importante?

Por que o layout das gôndolas é importante?

Não importa o tipo de consumidor que você recebe todos os dias no seu supermercado: todos são impactados direta e indiretamente pelo layout das gôndolas e com a disposição dos produtos nelas. Organizando bem a arrumação das gôndolas, o supermercado conseguirá expor os produtos de maneira atrativa e fazer com que o consumidor faça compras complementares, ao mesmo tempo que ajuda a otimizar espaço.

Sabemos que dentre os sentidos do ser o humano a visão é a mais privilegiada na hora de efetuar uma compra. Sendo assim, é um consenso que os elementos visuais são importantíssimos quando pensamos em vendas! Isso significa que primeiro a pessoa compra com os olhos. Ou seja, o que ela está vendo é que irá fazer se interessar produto ou não.

É por essa razão que as empresas no ramo de alimentação investem tanto em design de embalagens e disposição do produto dentro das lojas que comercializam as mesmas.

Atualmente, muitas empresas têm profissionais contratados especificamente para trabalhar na organização da disposição de produtos dentro das lojas. Esses profissionais negociam com o próprio estabelecimento por espaços de melhor visualização dentro da loja. Essa tarefa traz muitos impactos positivos para as vendas dos produtos. Uma vez que existem estratégias elaboradas, por meio de estudos, que fazem com cliente decida por colocar determinado item dentro do seu carrinho de compras.

Utilizando as técnicas adequadas de distribuição nas gôndolas será possível fazer o estoque do supermercado girar e, consecutivamente, fazer o lucro ser muito maior.

Como organizar o layout das gôndolas do supermercado?

Quando precisamos entender qual a maneira correta de organizar produtos em um supermercado, antes de pensarmos nas gôndolas e prateleiras de um corredor, é necessário antes fazer uma boa setorização.

Primeiramente, é preciso organizá-los por sessão. Não faz sentido deixar os produtos de limpeza próximos aos alimentos, por exemplo. Depois de definir os posicionamentos das sessões dentro do supermercado, o ideal é sempre deixar os produtos dispostos por categorias, marcas e tipos, ou seja, é necessário deixar os produtos nivelados o mais simetricamente possível nas gôndolas.

Os clientes irão desorganizá-los durante o dia, por isso é necessário que funcionários ou promotores terceirizados estejam sempre dispostos para reorganizar as seções. Para falar mais sobre este assunto nós elaboramos um guia prático para uma boa setorização do supermercado, com dicas para atrair clientes e facilitar o processo de compra dele. Não deixe de conferir.

Depois de definido os setores, agora é hora de fazer a arrumação das prateleiras do supermercado. Acompanhe as dicas:

1. Entenda sobre os modelos de arrumação das gôndolas

Existem basicamente quatro formas de organizar o layout das gôndolas e que o supermercado pode aproveitar. É importante conhecê-las e trabalhar com elas em momentos diferentes, visando atingir objetivos distintos, confira as vantagens e desvantagens de cada uma delas.

 

  • arrumação vertical: o formato vertical na gôndola causa um bom impacto visual para o consumidor e facilita que ele observe os produtos enquanto caminha pelo espaço no supermercado;
  • arrumação horizontal: nele os produtos da mesma marca são dispostos em linha. Usar este tipo de layout oferece um impacto visual menor e fica mais difícil analisar todas as opções de compra;
  • arrumação em blocos: neste estilo as mercadorias são separadas por tipo ou marca. Funciona assim: produtos semelhantes ficam alinhados verticalmente e são divididos por marca. Essa disposição ajuda o consumidor a escolher os itens e comparar os preços;
  • arrumação sazonal: um estilo de layout de gôndola usado em datas comemorativas como festa junina, páscoa, natal, etc, facilitando a visualização e estimulando a compra.

Leia nosso artigo sobre “Como atrair e atender bem os clientes em períodos festivos?

2. Organize os níveis de altura das prateleiras

Os níveis de altura das prateleiras do supermercado são super importantes para dividir estrategicamente os produtos de acordo com a relevância que ele tem para o consumidor. Neste caso, vale a pena dar prioridade para este fator, tendo em vista que ele impacta diretamente as vendas.

Entenda mais sobre os níveis de percepção de cada posição a seguir.

Acima da cabeça

Os produtos que devem ser posicionados acima da linha de visão dos consumidores são produtos que possuem menor índice de vendas. Geralmente, são aqueles que têm procuras específicas. Ou seja, aqueles que as pessoas vão comprar para sanar uma necessidade especial, que somente aquele produto irá atender. Ou ainda, os produtos que possuem públicos específicos pra eles.

 

Altura dos olhos

Esse é, com certeza, o ponto mais disputado pelas marcas dentro do supermercado, visto que é o nível que mais impulsiona as vendas dos produtos. Muitas vezes esses pontos são negociados pelas grandes marcas ou mesmo são reservados aos produtos mais famosos, visto que trazem maior fluxo de vendas e, assim, maior lucratividade para o mercado.

Dependendo da sessão de produtos, são posicionados nesse nível, também, os que possivelmente serão escolhidos por impulso. Produtos como cereais, biscoitos, chocolates, salgadinhos, produtos importados entre outros. Isso por que esse é o ponto de maior visibilidade, as compras por impulso, nesse caso, são maiores.

Além disso, o cérebro humano não é programado para realizar procuras mais detalhadas por produtos similares quando estamos com pressa. Portanto, a tendência é que optemos por produtos mais conhecidos quando eles estão neste ponto de visão, independente do preço.

Linha da cintura

Este nível é, geralmente, o segundo ponto mais interessante para exposição de produtos. Muitos supermercados optam por posicionar nessa área as mercadorias que podem ter grande procura por parte dos clientes. Então, o ideal é posicionar nessa altura produtos essenciais para o dia a dia dos consumidores. Ou seja, produtos com grande rotatividade no cotidiano dos mesmos.

Nesse sentido, como as pessoas necessitam bastante desses produtos, elas não deixarão de procurar por esses itens nas gôndolas dos corredores.

Abaixo da cintura

Como o nível abaixo da cintura não faz mais parte do nosso campo de visão é interessante que sejam posicionados nessa área os produtos mais baratos, de marcas que possuem menos impacto no mercado. São mercadorias procuradas, justamente, por consumidores que buscam por preços melhores ou que, até mesmo, estão com mais tempo para procurar por produtos mais detalhadamente.

Dessa forma, mesmo que esses produtos não estejam diretamente posicionados no nosso campo de visão, determinados tipos de consumidores tendem a procurá-los da mesma maneira, pois são produtos essenciais e mais baratos.

Nível do chão

Quando consideramos as prateleiras que estão no nível do chão, percebemos que esse espaço é reservado para as ilhas de mercadorias. Geralmente, são reservados para os produtos mais pesados como fardos de bebidas fechados (refrigerantes, cervejas, leites, sucos de caixas, etc.) ou, ainda, produtos em sacos com mais de cinco quilos, como arroz ou ração para PET’s.

3. Explore as pontas das gôndolas

Essa área da gôndola é bastante notada pelos consumidores, principalmente as que ficam posicionadas próximo à entrada do supermercado. Essa área pode ser trabalhada para aplicar diversas estratégias que podem aumentar o faturamento e acelerar a venda de produtos.

Algumas dicas bastante usadas na hora de arrumar o layout da ponta das gôndolas:

Explore as pontas das gondolas
  • usar o espaço para produtos parados;
  • inserir produtos em promoção;
  • criar uma ponta de gôndola com produtos próximos ao vencimento;
  • usar ponta de gôndola refrigerada.

4. Identifique os pontos de maior circulação de pessoas

Você sabe qual é o ponto quente do supermercado – ou seja, a área em que circulam mais pessoas? Conhecer a região com maior e menor fluxo de pessoas ajuda a entender qual é a melhor área para direcionar produtos com maior lucratividade para onde as pessoas estão.

Ou quem sabe, em uma outra estratégia, escolher produtos com baixa saída e colocá-los no ponto quente, para estimular as compras. Aqui vale a pena conhecer bem essas áreas e usá-las da maneira que melhor atenda às necessidades do supermercado.

5. Planeje a operação de abastecimento das gôndolas

Por mais que essa dica não esteja relacionada com o posicionamento dos produtos, ela é fundamental para o sucesso das suas vendas, afinal, um supermercado com gôndolas vazias não vende e ainda pode gerar grande insatisfação por parte dos consumidores.

Por isso é importante fazer uma gestão e controle de estoques inteligente, que gerencie as mercadorias de forma prática e auxilie a reposição dos produtos com maior facilidade. A SG Sistemas possui um software de gestão para supermercados com essa e outras funcionalidades, vale a pena conferir.

Leia também: O que um bom software de gestão de supermercados precisa ter?

6. Tire vantagem da localização dos produtos de forma estratégica

Se o seu supermercado possui padaria ou açougue, a localização deles pode ajudar a alavancar as suas vendas se for posicionada estrategicamente, afinal a procura por esses itens é constante. Posicioná-los ao fundo estabelecimento fará o cliente caminhar entre as gôndolas para chegar até eles.

Outra forma de aproveitar bem a localização de produtos é combinar itens que se complementam por perto, como colocar petiscos perto das bebidas ou manteiga, presunto e iogurte próximo à padaria. Isso vai valorizar ainda mais o seu ponto de venda.

7. Não deixe as crianças de fora

As crianças muitas vezes acompanham os pais quando vão ao supermercado e a tendência é que as elas conseguem convencer os pais a levar uma guloseima para casa com facilidade. Então vale a pena disponibilizar alguns itens que agradam as crianças perto de balcões, freezers e à altura dos olhos delas na gôndola.

Vale a pena investir também em promotores nas seções que possam atrair a atenção dos pequenos como balas, chocolates ou biscoitos.

8. Exponha os preços visualmente

Essa dica também não está relacionada diretamente ao layout, mas não pode ficar de fora quando falamos das gôndolas do supermercado: a exposição da precificação. Então providencie boas etiquetas para mostrar o valor das mercadorias e garanta que elas sejam encontradas pelo cliente.

Dessa forma você aumenta as chances de venda, diferente dos momentos em que o cliente encontra um produto sem preço, onde são nulas as chances de colocar o produto no carrinho.

Vale a pena ler também: Dicas para melhorar a sinalização no supermercado.

8. Faça o planograma

  • O planograma é um documento que ilustra o planejamento do layout das gôndolas do supermercado, dando uma visão geral de como gerir o negócio de forma estratégica. O desenho deve especificar:
  • qual a localização ideal para cada categoria;
  • como ficam dispostas as marcas concorrentes;
  • a orientação aos funcionários que são responsáveis pela reposição dos produtos.

Gostou das sugestões? Com podemos ver quando falamos sobre organizar o layout do mercado o gestor precisa escolher bem as seções e analisar cada área do supermercado, entendendo os pontos de maior fluxo e vendo o tipo de layout que mais funciona, realizando testes e avaliando os resultados.

Continue acompanhando nosso blog para acompanhar mais dicas para gerenciar o supermercado e alcançar os melhores resultados. Até o próximo post.

Roger Toshi

Roger Toshi, apaixonado por tecnologia aplicada ao varejo, é formado em Direito pela Unicesumar, com MBA em Gestão de Pessoas e Liderança pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Desde 2017 atua como gerente Administrativo e de Marketing da SG Sistemas.

Deixe um comentário