Just in Time: saiba o que é e como pode auxiliar seu negócio

Just in Time: saiba o que é e como pode auxiliar seu negócio

Just in Time: o que é e como aplicá-lo na sua empresa

Muitas empresas contam com estoque parado por falta de fluxo de venda de determinado produto ou falta de planejamento da produção. O Just in Time é uma estratégia que visa controlar o que é produzido e assim, evitar este tipo de problema.

Com a ajuda de uma ferramenta de gestão, ele vai gerenciar a matéria-prima que precisa ser comprada, os produtos mais vendidos e quais precisam de estoque.

Deseja compreender melhor o Just in Time e como realizar sua aplicação em seu negócio? Continue sua leitura abaixo e confira tudo!

O que é Just in Time?

O Just in Time (JIT) é uma metodologia de gerenciamento de produção em que o objetivo é produzir somente a quantidade necessária para atender seus clientes naquele momento. Isto é, nenhum produto deve ser produzido, comercializado, transportado ou adquirido antes do momento certo.

O conceito do JIT pode ser aplicado em qualquer etapa do processo produtivo. O objetivo é diminuir a quantidade de estoque e produzir somente o que tem venda certa.

Para aplicar essa metodologia sem prejuízos de falta de produtos para atender seu mercado, a empresa precisa integrar seus setores e contar um sistema de automação eficiente.

Como e quando surgiu a metodologia JIT?

O Just in Time surgiu na década de 70 no Japão. Sua ideia inicial foi desenvolvida na Toyota Motor Company, que buscava uma alternativa para suas fábricas de automóveis em um cenário pós-guerra.

Os recursos naturais ficaram limitados, em contrapartida, a indústria automobilística crescia. A saída foi reduzir custos e otimizar a produção para atender seus clientes no menor tempo possível.

A Toyota demorava 1 hora para preparar uma prensa de 800 toneladas, que era usada para moldar capôs e pára-choques. Após implantar a estratégia, conseguiu reduzir esse tempo para apenas 12 minutos.

A eficiência foi notória na época. E atualmente, o Just in Time é uma metodologia adotada por muitas empresas para alinhar a produção e entregas aos pedidos realizados.

Quais as principais características do sistema Just in Time?

Veja quais são as principais características do Just in Time:

  • Produção limitada: a produção é feita conforme a demanda;
  • Eliminação de desperdícios: a compra de matéria-prima é realizada conforme o que será produzido;
  • Controle de estoque otimizado: os produtos em estoque são os que possuem mais saída e ficam pouco tempo parados;
  • Melhoria contínua dos processos: junto ao controle da produção, fica mais fácil acompanhar a qualidade das entregas e extinguir possíveis falhas nos processos.

Como se aplica o Just in Time?

Se você quer aplicar a metodologia Just in Time na sua empresa, é preciso seguir 5 etapas iniciais:

1. Organize o sistema de produção

O primeiro passo para implantar o Just in Time em um negócio é entender todo o seu processo de produção. Quais são as etapas envolvidas, os equipamentos, a mão-de-obra, a matéria-prima que precisa ser adquirida, como é a negociação com os fornecedores, dentre outros fatores.

É importante monitorar todos os dados em tempo real e identificar qual produto tem mais saída naquele momento, para planejar a produção e atender o cliente com o máximo de agilidade.

2. Redefina suas metas

Se antes você trabalhava com um estoque cheio, com o Just in Time isso não será mais necessário. O foco agora é voltado para a demanda dos produtos.

Tenha em mente que a sua empresa está migrando de uma produção empurrada para uma puxada.

3. Capacite sua equipe

A mudança de estratégia em um ambiente corporativo deve envolver toda a equipe, e isso envolve os trabalhadores da base e os cargos de gestão. Afinal, esse processo irá impactar não só a produção, mas todas as áreas da empresa.

É fundamental a gestão informar e orientar sobre o Just in Time e esclarecer quaisquer dúvidas. Se necessário, a empresa pode promover treinamento especializado para capacitar seus funcionários.

4. Adote novas tecnologias

Entender e acompanhar quais são as demandas atuais de cada produto e ajustá-las com o processo de produção pode ser um desafio, principalmente em empresas em crescimento.

Felizmente, os programas computacionais estão cada vez mais avançados e completos. O sistema ERP é um ótimo exemplo disso! Ele é um sistema de gestão integrado, onde é possível acompanhar os dados e informações de todas as áreas de uma empresa em um mesmo lugar.

As ferramentas de monitoramento irão te auxiliar na gestão de sua produção e a aplicar o Just in Time com sucesso na sua empresa.

5. Tenha uma comunicação clara

Além do envolvimento de toda a equipe interna da sua empresa na implantação do Just in Time, será preciso comunicar também os fornecedores e clientes sobre a mudança.

O prazo de entrega e a quantidade de matéria-prima são pontos essenciais dessa estratégia e devem ser alinhados com seus fornecedores. Caso ele não possa suprir a sua demanda no tempo necessário, será preciso entrar em contato com novas empresas.

Exemplos de empresas que aplicam o Just in Time

Muitas empresas famosas aplicam a metodologia Just in Time. A precursora da ideia, a Toyota, utiliza a técnica até hoje. Mas não é só na fabricação de automóveis que ela dá certo. Veja outras empresas e seus ramos:

  • Votorantim – fábrica de cimentos;
  • Embraer – Empresa Brasileira de Aeronáutica;
  • Avon – fabricante de produtos de beleza;
  • Unilever – fabricante de alimentos, bebidas, produtos de higiene pessoal e limpeza doméstica.

E você já conhecia o Just in Time? A gestão assertiva de qualquer negócio é a garantia do seu sucesso. Veja também Como alcançar a alta performance na gestão de franquias.

Continue acompanhando o blog da SG Sistemas para aprender como um sistema automatizado facilita a sua rotina comercial!

Avalie esse post

Roger Toshi

Roger Toshi, apaixonado por tecnologia aplicada ao varejo, é formado em Direito pela Unicesumar, com MBA em Gestão de Pessoas e Liderança pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Desde 2017 atua como gerente Administrativo e de Marketing da SG Sistemas.

Deixe um comentário