06

out
2020
Guia prático para boa setorização de supermercado: atraia clientes!

Quando falamos em supermercado, é comum vir à mente as prateleiras todas organizadas, as comidas gostosas, o cheiro de pão fresco na padaria e as frutas todas coloridas e bonitas, não é? Aquela setorização de supermercado bem organizada e que atrai os olhos.

E você sabia que essa setorização é feita exatamente com esse objetivo de atrair os clientes? Os ambientes e comidas, perecíveis e não perecíveis, são organizados de maneira estratégica para que as pessoas passem mais tempo dentro do supermercado e para comprem mais.

Se você é dono de um supermercado ou está pensando em abrir uma franquia, não perca esse post! Aqui, a SG Sistemas vai te explicar tudo sobre essas estratégias de organização e incentivo dos clientes ao consumo.

Por que uma boa setorização é importante?

Quem é dono de um estabelecimento alimentício de grande porte sabe que tudo tem que ser planejado por meio da setorização para fazer com que os clientes comprem mais, utilizando estratégias em conjunto como a melhoria da experiência dentro do supermercado, preços bons e produtos de qualidade.

O fato de que o cérebro humano pode ser influenciado pelos seus sentidos não é desconhecido. E isso é possível em qualquer assunto, mas principalmente relacionado ao mercado consumidor, visto que existem muitas estratégias para incentivar o cliente a comprar.

No caso das compras de supermercado, esse fato pode ser ainda mais usado por se tratar de um serviço necessário, afinal, todos precisam comprar comida para a subsistência. Além disso, entender quais os ciclos de vida do cliente te ajudará mais ainda na setorização.

Quase todo mundo, certamente, já foi ao mercado com o pensamento “vou comprar apenas o necessário” e saiu de lá com mais coisas do que pretendia pegar, não é mesmo? E isso acontece porque a setorização dele, ou seja, sua organização, atrai o subconsciente a consumir coisas a mais do que o que era realmente necessário naquele momento.

Colocando-se no lugar de consumidor, é muito desagradável fazer suas compras e perder tempo procurando alimentos que deveriam estar em um lugar e não estão. Mesmo clientes de primeira viagem sabem que o açougue fica nos fundos do estabelecimento e que as frutas e as verduras estarão juntas em um setor.

Por isso, se você está pensando em abrir um supermercado ou já é dono de um e quer setorizá-lo melhor para atrair mais clientes e, consequentemente, ter mais lucro, o blog da SG Sistemas está aqui para te ensinar alguns passos que vão te ajudar.

Defina quais são os setores de seu supermercado

Para administrar um estabelecimento de grande porte como esse, é necessário fazer um bom planejamento para que o negócio faça sucesso. Se você é responsável por isso, é imprescindível definir quais são os setores que terão no supermercado.

Os mais comuns são:

  • Açougue;
  • Frios e laticínios;
  • Adega e bebidas;
  • Higiene e limpeza;
  • Hortifruti e mercearia;
  • Padaria;
  • Enlatados;
  • Cereais;
  • Rotisseria.

Além desses, há muitos outros setores. Nos hipermercados de franquias maiores, seus produtos vão além dos encontrados em mercados comuns, como setor de vestuário, eletrodomésticos, farmácias e muito mais.

Definido o que terá no seu estabelecimento, você pode pensar em uma setorização que seja adequada ao tamanho da loja e às necessidades dos clientes.

Como fazer a setorização

É nesse momento que você deve conhecer bem o seu cliente através de observação e dados de consumo. Por exemplo, nos finais de semana, o fluxo de pessoas é maior, visto que elas trabalharam durante os dias úteis e agora estão livres para fazer suas compras mensais e para algum evento.

Assim, quais itens são mais prováveis que eles adquiram? Carnes, bebidas alcoólicas, e alguns itens da padaria. Sendo assim, você, juntamente com a equipe da gestão, podem organizar esses itens para que estejam próximos para que o cliente não perca tempo procurando. Essa é uma ótima estratégia para aumentar o lucro.

As frutas, verduras e legumes, por exemplo, devem ficar em um local mais arejado para não estragarem com rapidez e de fácil acesso. O melhor, então, é deixá-los próximos à entrada do supermercado. Quem procura pelo hortifruti o visualizará ao adentrar no estabelecimento e poderá seguir com suas compras.

Os cereais e outros alimentos não perecíveis podem ser colocados em um corredor próximo para fácil encontro também. Mas não deixe de sinalizar bem! Um mercado sem placas indicativas só prejudica o cliente.

Se você quer aprender como melhorar a sinalização interna do supermercado, temos um conteúdo exclusivo e completo aqui no blog da SG Sistemas, não deixe de conferir!

Produtos de higiene e limpeza, geralmente, ficam em corredores lado a lado, o cliente sai de um, após pegar seus itens de beleza e higiene, e já segue para o outro em busca dos produtos de limpeza da casa, otimizando o tempo.

Frios e laticínios, normalmente, encontram-se próximos ao hortifruti e à padaria, mantendo o local com temperaturas mais baixas, o que auxilia na qualidade e tempo de perecibilidade desses produtos.

Viu como não é muito difícil realizar uma boa setorização de supermercado? Mas não se esqueça de se atentar aos produtos também! Um controle de estoque eficiente é de extrema importância para a qualidade de consumo dos clientes.

Além disso, para que o seu estabelecimento seja bem avaliado, é necessário que os seus colaboradores sejam bem treinados e proativos e que tenham como equipamento de trabalho um sistema de frente de caixa de alta performance. Assim toda a organização do mercado fica eficiente, contribuindo com a satisfação dos clientes e aumentando sua lucratividade.

Se você quer entender sobre gestão de estabelecimentos e muito mais, não deixe de acompanhar o blog da SG Sistemas semanalmente, sempre temos conteúdos exclusivos!

  • Tags: