Operadores de caixa: dicas para melhorar o atendimento

Operadores de caixa: dicas para melhorar o atendimento

O atendimento do operador de caixa é um dos fatores que pode ser decisivo para fazer seus clientes voltarem ao seu supermercado ou tomarem a decisão de buscar os seus concorrentes. Por isso, é indispensável que se tenha em mente maneiras de melhorar as habilidades de seus colaboradores para que seus clientes fiquem ainda mais satisfeitos!

Se você quer entender melhor o que um operador faz, o que não deve fazer em hipótese alguma ou de que maneira é possível preparar sua equipe para oferecer o melhor atendimento, veja o conteúdo que a SG Sistemas preparou!

Operador de caixa: o que faz esse profissional?

Ser um operador de caixa é uma profissão que exige responsabilidades, pois lida diretamente com o cliente e é um mediador entre o consumidor e o mercado. As funções destinadas a esse cargo são principalmente a de receber pagamentos das compras realizadas e de realizar o fechamento de caixa, uma atividade indispensável para a saúde financeira da empresa.

Outra demanda que está dentro das atividades cotidianas do operador de caixa é a emissão de notas fiscais das saídas do supermercado. Dessa forma, esse profissional precisa ser valorizado e estar bem preparado para receber as pessoas da melhor maneira, prolongando o ciclo de vida do cliente e favorecendo a marca.

O que o operador de caixa não pode fazer

O que um operador de caixa não pode fazer?

Tão importante quanto saber o que um operador de caixa de supermercado faz, é entender o que esses colaboradores não devem fazer durante sua jornada de trabalho. Separamos algumas atitudes que devem ser evitadas ao máximo para garantir a satisfação do cliente e tornar mais provável sua fidelização.

Troco errado

Dar o troco errado por engano é uma ação que todos estamos sujeitos. Aliás, todo mundo erra, não é mesmo? Entretanto, um profissional de caixa com experiência desenvolve uma habilidade de percepção e dificilmente erra se tiver atenção.

Caso aconteça, instrua-o a pedir desculpas imediatamente para que o cliente não sinta desconfiança por parte do estabelecimento e construa uma imagem negativa.

Não registrar uma saída de produto

Seja para o controle de estoque adequado ou para o fechamento de caixa com os valores corretos, é indispensável que o operador de caixa registre todos os produtos saindo a cada compra. O que acontece é que muitas vezes pela correria de um dia movimentado e a preocupação com a fila, o profissional tenta acelerar o lançamento de itens e acaba deixando algo passar batido.

Esse é outro tópico que requer uma atenção redobrada do colaborador e que pode acabar prejudicando a empresa que não receberá por aquele produto comprado. Existem ainda outros fatores que podem ser cuidados para fazer o controle de perdas no supermercado, e nós já temos um conteúdo completo sobre o assunto!

Discutir com cliente

Outra ação extremamente importante para um bom operador é jamais destratar um cliente, por mais que ele esteja errado. O atendente deve manter a cordialidade e a tranquilidade sempre. Por mais revoltante que algumas atitudes sejam, o colaborar precisa tratar o consumidor com cautela e educação e deixar que o problema seja resolvido pelos superiores.

Como melhorar o atendimento dos operadores de caixa?

Pensando no que um operador de caixa precisa saber, quais atividades deve realizar e o que não pode fazer durante seu trabalho, é possível pensar em algumas maneiras de otimizar a atuação desses colaboradores.

Veja a lista com algumas formas simples de melhorar o atendimento dos operadores de seu supermercado!

1. Invista em um ERP de gestão para supermercados

Um sistema de gestão unificado facilita a consulta de preços, registro de saída de produtos, cancelamento de algum item passado errado e muitas outras atividades que estão diretamente relacionadas ao trabalho diário dos operadores de caixa. Um ERP também pode otimizar o fechamento de caixa por fornecer relatórios financeiros completos e com praticidade.

Dessa maneira, você estará fornecendo melhores recursos para os colaboradores trabalharem com tranquilidade e com menos problemas rotineiros, bem como protegendo seu negócio de prejuízos por desencontro de informações sobre estoque ou faturamento.

Essa opção também permite a entrada de outras soluções tecnológicas para os atendimentos, como os terminais de autoatendimento no supermercado.

2. Faça um treinamento para capacitar a equipe de atendimento ao cliente

Por serem os colaboradores que ficam localizados bem em frente à entrada e saída da loja, os operadores de caixa desempenham papel fundamental no processo de fidelização de clientes. Afinal, eles são os que mais interagem com os consumidores, correto?

Por isso, dê destaque à interação com os clientes e planeje um treinamento com base nessa função. É indispensável instruir os funcionários quanto as informações importantes sobre a empresa: principais ofertas do dia, produtos oferecidos e história da loja fazem parte do que um operador precisa saber.

Ressalte aos profissionais o quanto é importante agir cordialmente com os clientes, cumprimentando-os, sendo simpáticos e tratando-os bem para que eles tenham uma experiência de compra melhor. Ofereça também treinamentos para que eles aprendam utilizar o sistema de gestão integrada para supermercados que escolher.

3. Ofereça um ambiente agradável e funcional aos colaboradores

Passar oito horas por dia no ambiente de trabalho com atendimento ao público nem sempre é uma situação agradável para os colaboradores– e isso acaba interferindo no desempenho de cada um. É difícil ser simpático ou dar o máximo de si na função quando está cansado mental e fisicamente. Por isso, é papel da empresa criar um ambiente agradável, adequado e com boas condições para os colaboradores.

Apenas dessa forma, e com recursos adequados para realizar suas atividade, os operadores podem ter uma qualidade de tempo e se sintam confortáveis durante o expediente. E fique atento: boas condições de trabalho consiste em proporcionar um espaço limpo e climatizado, banheiros bem localizados, locais específicos para lazer e descanso e refeitórios adequados.

4. Desenvolva métricas que motive seus colaboradores

A eficiência dos seus funcionários, como dissemos, depende de vários fatores e um deles é a motivação. Assim, é fundamental estabelecer estratégias para que as equipes interajam e trabalhem com mais empenho.

Primeiro, os operadores devem entender a importância de suas ações dentro da empresa, então criar um gráfico explicativo sobre quanto a retenção de clientes e fidelização dos mesmos está relacionado às ações desses profissionais é uma opção muito válida. Dessa maneira eles terão um parâmetro mais concreto de sua relevância para a operação de todo o supermercado.

Após isso, estabeleça objetivos individuais e de equipe, pois essa é uma das melhores formas de motivar o funcionário a otimizar sua performance. Mas, antes de elaborar metas inalcançáveis achando que vai fazê-lo feliz, é importante entender que elas precisam ser pensadas de acordo com o limite pessoal, de modo que possam ser alcançadas no final do dia. Afinal, não tem nada mais desanimador do que se sentir incapaz de cumprir uma meta.

5. Mostre o reconhecimento do esforço da equipe

Outra forma de melhorar o atendimento dos operadores de caixa, é elencar os funcionários destaque do mês. Ao traçar objetivos e metas – alcançáveis, vale ressaltar – torna-se essencial ressaltar aqueles que conseguem alcança-los. Porém, não minimize os que não conseguiram, lembre-se de parabenizá-los mesmo assim e de enfatizar os pontos positivos que tiveram.

Oferecer algum tipo de recompensa ou bonificação irá animar ainda mais a equipe para buscar oferecer um atendimento de qualidade e, consequentemente, chegar aos objetivos pessoais e do grupo.

Essas são apenas algumas dicas para melhorar o atendimento da equipe de operador de caixa da sua empresa. Se esse post foi relevante para você, confira outros conteúdos do blog da SG Sistemas. Para auxiliar ainda mais os gestores, explicamos sobre quanto ganha um dono de supermercado e a margem de lucro ideal.

Nos vemos na próxima!

Roger Toshi

Roger Toshi, apaixonado por tecnologia aplicada ao varejo, é formado em Direito pela Unicesumar, com MBA em Gestão de Pessoas e Liderança pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Desde 2017 atua como gerente Administrativo e de Marketing da SG Sistemas.

Deixe um comentário