5 dicas para prevenção de perdas de supermercados

5 dicas para prevenção de perdas de supermercados

A prevenção de perdas de supermercado pode ser considerado um dos maiores desafios que os gestores desse segmento empresarial possuem. Essa preocupação não é percebida apenas nas gestões de grandes redes do setor alimentício: as pequenas empresas também sofrem com as perdas de mercadoria e precisam tomar os devidos cuidados.

Começar a se preocupar mais com esse tipo de situação causa impactos em diversas áreas da compra e venda de produtos em supermercados: desde prejuízo a empresa até mesmo para os próprios consumidores, uma vez que o estoque controlado evita a oscilação de preços e dá mais estabilidade aos valores que chegam ao cliente final.

Nós da SG Sistemas preparamos um conteúdo recheado de informações para que você conheça o que causa perdas em seu empreendimento e como isso reflete nas finanças do negócio!

E não deixe de conferir nosso post sobre valor recebido pelo cliente, um ponto de atenção para qualquer administrador do ramo alimentício!

Afinal, o que é prevenção de perdas de supermercado?

É possível entender a perda como uma diferença entre o estoque que consta no sistema com o verdadeiro e real estoque – quando há menos produtos na prateleira do que está registrado. De acordo com o Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo & Mercado de Consumo (IBEVAR), os varejistas sofrem uma perda anual de 2% das mercadorias de estoque, e, cá entre nós, esse é um valor bastante considerável.

Existem diversas razões capazes de ocasionar tal problemas e elas podem estar alojadas em diferentes setores da empresa. O primeiro passo para impedir tais circunstâncias é conhecer quais são essas causas e como elas acontecem – ou seja, conhecer quais são as principais ocorrências. Somente a partir daí você poderá adotar um programa de prevenção eficaz.

Homem ilustrado ao lado de gráficos

Quais são os motivos de perdas em supermercados?

Há dois tipos de perdas: as previsíveis e as imprevisíveis pelos gestores e funcionários. Vamos entender melhor cada uma delas!

Perdas imprevisíveis

As imprevisíveis são, basicamente aquelas desconhecidas pela gestão, as quais não podem ser afirmadas nem mensuradas de maneira eficiente.

Enquadram-se nesse nicho:

  • furtos: são os casos mais comuns quando o assunto é ocorrência não identificada, e, infelizmente, pode vir por parte de qualquer pessoa que frequenta o ambiente, desde os clientes até os próprios funcionários;
  • fraude por parte dos funcionários: outra forma de perda comum em supermercados é o desvio de produtos pelos colaboradores da empresa. Isso acontece quando eles se aproveitam da vulnerabilidade do sistema para beneficiar o cliente ou a si próprio;
  • fraude por parte do cliente: essa opção se assemelha um pouco com o furto, mas tem suas particularidades. Nesse tipo de fraude, o cliente troca a etiqueta de um produto caro pela de um produto mais barato, pagando um valor inadequado, ou até mesmo troca o que está dentro da embalagem;
  • consumo de produtos no interior da loja : quando o cliente se alimenta dentro do estabelecimento e a embalagem não chega ao caixa, seu descarte evita o pagamento.

Perdas previsíveis

As perdas que podem ser previstas são mais fáceis de controlar.

  • prazo de validade expirado: esse problema é causado especialmente por uma má gestão do estoque e reposição dos produtos. Na hora de organizar a prateleira, deve haver uma lógica, posicionando os produtos de validade estendida no fundo, e os com vencimento mais próximo na frente. Caso contrário, a validade dos produtos do fundo vai expirar e a venda vai ser perdida;
  • deterioração de alimentos: a falta de cuidado com os produtos, especialmente de cunho alimentício, pode acabar estragando-os. Manipulação inadequada, falta de higiene e armazenamento desapropriado são os principais fatores.

Você tinha consciência de quantas ocorrências aconteciam no seu estabelecimento? Para evitá-las, é indispensável que você tenha práticas eficientes para aprimorar seu comércio.

Por que é importante fazer a prevenção de perdas para supermercado?

De modo geral, as perdas de mercadoria no supermercado significam despesa, o que acontece, especialmente, quando um produto não é pago por alguma razão. E nem precisamos falar que essas perdas e gastos excessivos com produtos são capazes de causar em grandes prejuízos para o estabelecimento e influenciar na margem de lucro final mensal, certo?

Avaliar e buscar reduzir as situações que geram uma baixa no estoque sem nenhum ganho é indispensável para manter a saúde financeira de seu negócio. Por isso, hoje, separamos algumas dicas sobre como reduzir gastos no seu supermercado por meio da prevenção de perdas de mercadoria!

Prevenção de perdas de supermercado: 5 dicas de como reduzir gastos

Como já falamos, a redução de gastos é uma consequência da implantação de ações de prevenção de perdas em supermercados. As práticas que conseguem trazer esse resultado para seu negócio estão obrigatoriamente ligadas à gestão de recursos humanos ou materiais.

Confira nossa lista com 5 ações de diminuição das perdas que também são formas de reduzir gastos em excesso!

Homem ilustrado sentado e pensando

1. Invista em um sistema de gestão de supermercado de qualidade

O primeiro passo para melhorar a prevenção de perdas é investir em um sistema de gestão de supermercado, que fica encarregado de gerenciar os dados sobre os produtos, assim como todos os processos financeiros da empresa. Dessa forma, você terá um recurso que traz informações mais precisas e claras, o que facilita que o supermercadista e sua equipe de gestores coordenem o negócio.

Essa escolha ajuda também na identificação e atuação em pontos que necessitam de melhorias com urgência, proporcionando mais tranquilidade e eficiência na hora de obter as informações de quais são os lucros reais da empresa.

1.1 Otimize o gerenciamento de estoque

Essa é uma dica dentro da gestão de supermercados com o auxílio de software, então não podemos falar de um sem o outro. Afinal, o gerenciamento de estoque depende da modernização da gestão da empresa como um todo!

É comum, por exemplo, vermos mercados que não organizam a reserva de produtos que possuem e, assim, muitos itens se perdem. Além disso, a falta de vistoria pode acarretar uma prateleira vazia nas seções de seu supermercado, o que é prejuízo na certa, pois os clientes começam a buscar outro estabelecimento para reabastecer sua despensa.

Para evitar essa situação, é importante saber administrar, e a melhor medida é investir em um software para controle de inventário, uma vez que o controle manual propicia as fraudes e agiliza muito mais o processo. Priorizar a segurança do almoxarifado é o mesmo que proteger seu bem, pois é lá que se encontra parte de seu investimento. Então dê prioridade a essa etapa!

Confira também nosso post “Como ter um controle de estoque eficiente?” para se aprofundar no tema!

2. Faça um treinamento com seus funcionários

O treinamento de equipe é importante para criar um hábito dentre os colaboradores, conscientizando-os sobre a presença de atos ilícitos e alertando sobre as consequências dessas ações. Além do mais, a equipe precisa estar preparada para reduzir os níveis de furtos em supermercados para que os funcionários reconheçam ou suspeitem de práticas dessa natureza.

E também não podemos esquecer que, para conseguir utilizar um sistema de gestão de supermercados corretamente e alcançar uma redução de gastos, os colaboradores do seu negócio precisam de um treinamento para operar no software.

3. Estabeleça uma meta de redução de perdas

É muito importante estabelecer uma meta de redução para que os funcionários do supermercado tenham um parâmetro para seguir. Essa previsão de diminuição deve se basear, principalmente, em gastos excessivos e desnecessários. Por essa razão, é fundamental que esse levantamento seja feito por profissionais capacitados e analíticos para que as estratégias sejam realmente pontuais e eficazes.

Produzir uma planilha de redução de gastos é uma boa opção para que todos da companhia consigam visualizar de forma rápida e prática quais são os objetivos das ações de prevenção de perda. Então, considere a produção de uma dessas!

4. Pense também na estrutura física do seu supermercado

Outro ponto para reduzir as despesas do seu supermercado, passa pela estrutura física, como os gastos com lâmpadas, ares condicionados, entre outros. Pensando nisso, é válido considerar a troca das lâmpadas incandescentes por fluorescentes, por exemplo, sendo possível diminuir o consumo de energia em até 20% só substituindo-as em toda loja.

Além disso, realizar a troca de equipamentos antigos, que geralmente consomem mais energia por novos, é uma boa maneira de contribuir com a redução. É claro que isso exige um alto investimento, já que será preciso adquirir peças novos, porém compensará bastante a longo prazo.

5. Faça um levantamento de entrada e saída de mercadorias

Para gerenciar os lucros e danos que seu negócio terá, é preciso ter uma visão ampla da situação atual da empresa. Esses dados podem, inclusive, constar na planilha de redução de gastos e ajudar a estabelecer um parâmetro de como é o cenário atual e onde almejam chegar.

Faça uma análise das informações que compilou nesse levantamento e de todo o processo pelo qual o produto passa, desde o momento que entra na loja até a saída. Assim, conseguirá identificar quais os pontos críticos na operação e começar a atuar diretamente nesse problema.

Utilize todas as nossas dicas sobre prevenção de perdas de supermercado e melhore a margem de lucro alcançado com seu negócio. E não deixe de acompanhar as outras publicações do blog da SG Sistemas para ter acesso a outros conteúdos que vão ajudar melhorar suas decisões estratégicas para levar sua empresa rumo a um sucesso ainda maior!

Roger Toshi

Roger Toshi, apaixonado por tecnologia aplicada ao varejo, é formado em Direito pela Unicesumar, com MBA em Gestão de Pessoas e Liderança pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Desde 2017 atua como gerente Administrativo e de Marketing da SG Sistemas.

Deixe um comentário