Customer Obsession: é preciso ser obcecado pelo seu cliente!

Customer Obsession: é preciso ser obcecado pelo seu cliente!

Customer Obsession: aprenda mais sobre esse conceito inovador

Com origem em uma das maiores empresas do mundo, o conceito de Customer Obsession é um movimento que muitos empresários podem considerar arriscado, porém tem muitas vantagens e realmente muda a visão e o desenvolvimento de qualquer negócio que se propõe a trabalhar com essa dinâmica que dirige o foco de todas as operações, fundamentos e políticas ao consumidor.

Construir um relacionamento de confiança e fidelidade à sua empresa pode ser uma tarefa difícil. Contudo, quando analisamos os casos onde a linha de obsessão pelo cliente é aplicada, é fácil ver o retorno que isso pode trazer através dessa administração estratégica. Ou seja, colocar as motivações e necessidades dos consumidores e buyer personas à frente de quaisquer motivações que a companhia possa ter.

E o que ganha-se em troca disso? Uma experiência de compra tão bem alinhada e preparada que fideliza e atende a todos os gostos. E para aprender um pouco mais sobre essa revolução do business, acompanhe o nosso post sobre os pontos mais importantes sobre o assunto.

Imagem com fundo azul claro que traz à direita a definição de o customer obsession é um comportamento empresarial de colocar o cliente em primeiro lugar

O que é Customer Obsession?

Ser obcecado pelo seu cliente e ter ele como ponto de partida e de chegada do seu negócio é a base dessa estratégia.

Esse conceito de Customer Obsession descreve o comportamento de companhias que estão frequente e continuamente adicionando valores e detalhes à experiência do cliente. Uma das estratégias é procurar por feedback e dar prioridade em ações que destaquem as necessidades dos consumidores.

Essa obsessão tende a destinar o seu foco no aumento da lealdade e na fidelização, de modo que se cria um vínculo, onde a sua empresa é a única capaz de resolver as dores da clientela. O resultado disso é uma afinidade que retorna em maior frequência de compra e até mesmo marketing orgânico.

Saber aplicar os pilares dessa empreitada de forma adequada é que irá garantir o futuro da empresa a longo prazo, com relações duradouras e perenes. Segundo o fundado e CEO da Amazon que é um dos – se não o mais – proeminente de todos os modelos nessa tática, o consumidor é base a partir da qual todos os trabalhos e mecanismos serão desenvolvidos.

O que muda ao ter um negócio obcecado pelo cliente

Há diversas maneiras e benefícios advindos dessa prática de uma boa gestão empresarial. A princípio, há três pontos proeminentes que devem ser apresentados.

  1. A partir do momento em que as políticas e ações da sua companhia se tornam focadas no cliente, fica muito fácil e óbvio perceber essas atitudes. Sendo assim, cada passo e etapa que envolve o consumidor deverá ser detalhado e pensado para que ofereça sempre o melhor em termos de qualidade e experiência.
  2. Cria-se a oportunidade de gerar eventos e cenários que promovam o afinco e o desejo de sempre desenvolver alternativas e resoluções à dores da clientela. E o mais importante desse ponto, é proporcionar um espaço onde a falha seja bem-vinda, e não punida. Pois, incentiva-se a inovação e a exploração de técnicas eficazes e bem desenvolvidas.
  3. E, por último, o resultado que é o aspecto mais esperado de todo esse processo, pauta-se na construção de um laço onde o seu consumidor internaliza e assimila que o seu negócio tem a solução para suas dores e carências, de forma natural e orgânica.

Quais pontos considerar na implantação dessa visão?

Segundo os empresários experientes no processo, alguns preparos são necessários para o bom funcionamento e assimilação desse novo comportamento. Tenha em mente, que esses são apenas alguns passos que fazem parte de um processo muito mais complexo.

Imagem com fundo azul claro que fala que é preciso alinhar a sintonia empresarial com o consumidor

Integrar a sua empresa dentro da cultura de obsessão pelo cliente exige o comprometimento de todas pessoas e setores envolvidos para que haja o funcionamento completo e efetivo. E um deles é garantir que toda a sua staff esteja alinhada e em sintonia com a pertinência e o peso que possui a postura da empresa em relação aos seus consumidores.

Outro ponto e fator determinante são as políticas e regras de funcionamento da empresa estarem de acordo com diretrizes que colocam o usuário em um lugar de destaque e atenção. Toda a criação de estratégias de marketing, tanto externo quanto interno, devem ser voltadas para o mesmo objetivo.

Sendo assim, após um determinado período de adaptação, o ideal é que a grande parte ou, se possível, toda a sua identidade de marca e empresa devem estar direcionados a sempre proporcionar os melhores cenários e experiências para os seus usuários.

O que se deve lembrar nesse estágio é que a empresa deve considerar, porém não deve colocar à frente de suas prioridades, o seu crescimento ou lucro. Sempre o cliente!

Planejar em antecipação também é muito importante no que tange às soluções providas pela sua companhia e que são, de fato úteis na resolução de problemas e dores. Isso por que nem todas as vezes a sua clientela será capaz de identificar quais são os pontos que devem ser trabalhados para que se construa o tão esperado vínculo de confiança.

Estratégias efetivas na construção de uma experiência mais rica

Ainda falando sobre as facilidades e antecipações das dores, o uso da tecnologia é uma das melhores armas nessa empreitada. Através dela, pode-se encontrar soluções de formas mais assertivas e pontuais. A questão é automatizar e otimizar os processos corretos e que realmente trarão resultado.

Com a ajuda de sistemas de operação e organização interna, sua empresa pode personalizar, entender melhor e tornar mais pessoal o atendimento de cada pessoa. Além de agilizar processos morosos que poderiam tirar o foco do que realmente importa. O seu produto aliado a quão bem a sua empresa executa o atendimento.

Lembrando sempre que em produto e atendimento devemos focalizar os consumidores em todos os processos, políticas, ações e aplicações. Pois, é somente assim que a Customer Obsession se põe em prática de modo completo.

E com a ajuda da tecnologia voltada ao ramo empresarial e seus nichos, são feitas análises e ajustes com muito mais precisão e qualidade, pois os dados são mais confiáveis e completos. Por isso, além de investir em uma equipe comprometida com os valores do seu negócio, dispor das ferramentas corretas é fundamental.

Para ter ainda mais informações sobre como melhorar os seus processos empresariais, acesse o nosso blog e fique por dentro de tudo sobre gestão empresarial, tendências do mercado e o papel da tecnologia nesses processos.

Roger Toshi

Roger Toshi, apaixonado por tecnologia aplicada ao varejo, é formado em Direito pela Unicesumar, com MBA em Gestão de Pessoas e Liderança pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Desde 2017 atua como gerente Administrativo e de Marketing da SG Sistemas.

Deixe um comentário