Marketing sensorial: conquiste clientes pelos 5 sentidos!

Marketing sensorial: conquiste clientes pelos 5 sentidos!

O marketing sensorial é uma excelente opção para impulsionar as vendas de uma marca. Entre as diferentes formas de converter seu público-alvo em clientes, certamente essa é uma das formas mais sutis e eficazes. Negócios de todos os tipos podem ser beneficiados por essa estratégia, no entanto, os que atuam no ramo alimentício possuem ainda mais maneiras de aplicá-la.

Quer saber no que consiste esse estilo de marketing? Continue a leitura para aprender como encantar seus consumidores de novas formas. Veja ainda as vantagens dessa estratégia e ideias de como colocar em prática!

Banner com conceito de marketing sensorial

Afinal, o que é marketing sensorial?

Essa tendência utiliza os cinco sentidos do corpo humano para gerar uma necessidade de consumo, são eles:

  • paladar;
  • visão;
  • audição;
  • tato;
  • olfato.

Ou seja, com essa categoria de marketing humanizado, você cria formas dos compradores terem uma experiência mais intensa e agradável, para ficarem mais propícios a fechar a negociação. É uma forma mais pessoal de gerar conversão, pois causam estímulos emocionais.

É uma estratégia para fugir do óbvio, se destacar frente aos concorrentes e marcar a memória de clientes. Utilizando os cinco sentidos humanos, é possível criar laços e o clima perfeito para envolver quem está em seu estabelecimento. Assim, seus fregueses têm mais chances de serem fidelizados, pois, o marketing sensorial estimula os desejos e induzem a uma sensação de bem-estar.

Seja em lojas de varejo ou em restaurantes, essa forma de criar gatilhos de compra é muito eficaz. Seu empreendimento não será apenas mais um entre tantos,afinal essa é uma oportunidade de levar o nome de sua marca a um novo patamar!

Confira também nosso post 10 ideias para pizzarias delivery inovarem nos negócios e saiba outras estratégias para esse ramo.

Quais as vantagens do marketing sensorial?

No mercado existem inúmeras formas de gerar conversão, algumas são mais sutis e naturais que outras. O estilo sensorial tem como objetivo deixar a clientela confortável, sentindo-se em um espaço agradável e envolvendo as emoções na hora de comprar. Assim, irá parecer que eles não estão ali para gastar, e sim que estão vivendo uma experiência única.

Conheça as vantagens dessa maneira de posicionar sua marca:

  • Aumenta a divulgação “boca a boca”: as pessoas comentam sobre lugares bonitos, confortáveis e diferentes do que enconram normalmente;
  • Fortalece sua identidade de marca: os gatilhos de desejo fazem que memorizem as cores, nome, formas relacionadas ao seu negócio;
  • Fideliza uma maior taxa dos clientes: são tantos estímulos que o público irá lembrar de seu negócio em diversos momentos da rotina, fazendo com que voltem com mais frequência;
  • É inovador: chama atenção mesmo de quem não é comumente seu público-alvo;
  • Cria momentos únicos: a experiência gerada pelo marketing sensorial é genuína, por isso é tão impactante e tem sucesso;
  • O ticket médio aumenta: o público se sente tão motivado que acaba consumindo mais que o normal;
  • Não exclui outras estratégias: é possível combinar esse tipo de abordagem com outras e alcançar novos fregueses.

No caso de restaurantes, padarias, supermercados e outros comércios do ramo alimentício, podemos ainda citar outra vantagem: os produtos de seu catálogo podem servir como parte dessa tática. A comida já possui um valor emocional, por isso fica ainda mais intensa a experiência para quem estiver em seu estabelecimento.

Chegou até aqui e ainda não tem nem ideia de como, de fato, aplicar essa estratégia? Não tem problema, a SG Sistemas te explica! Leia também nosso post sobre a importância da gestão de indicadores para entender como poderá metrificar os resultados dessas ações!

Banner introdutório à técnicas de marketing sensorial para gerar vendas

Marketing sensorial: como estimular cada sentido e gerar vendas?

Quando temos um cliente em nosso Ponto de Vendas, é importante criar um clima que dê nele ainda mais vontade de consumir. Para isso, você pode utilizar os gatilhos nos 5 sentidos de forma conjunta ou separadamente. Essa escolha deve ser feita depois de uma análise do que irá parecer mais natural e confortável para a situação.

Algumas dessas táticas são constantes, pois envolvem fatores como mobília, disposição do ambiente, entre outros. Mas há aquelas que podem variar conforme o momento, saber identificar o tom certo da abordagem é essencial. Confira agora formas de aplicar essa estratégia em cada um dos sentidos!

1. Visão

Grande parte da população tem a visão como seu sentido principal, por isso, é indispensável que o visual de seu negócio chame atenção positivamente. Primeiro, é necessário entender qual mensagem quer associar a sua marca: é uma empresa mais despojada? Clássica? É um local “mais família” ou para grupos de amigos? Ter essa definição ajuda nas escolhas estéticas.

A máxima “quem não é visto, não é lembrado” resume o motivo de um investimento na criação de uma logo. Mas, para o marketing sensorial essa necessidade vai além. A decoração do ambiente precisa corresponder com o efeito que quer gerar!

Por exemplo, se seu empreendimento é uma pizzaria que tem como público majoritário casais, existem dois gatilhos principais a trabalhar: a fome e o romantismo. Sendo assim, busque deixar o espaço com uma luz não tão forte, para criar um clima intimista, e adicione elementos que façam eles ficarem com “água na boca” só de olhar. A antecipação para a pizza chegar até a mesa irá deixá-los animados, mas o ambiente confortável e romântico não deixará que se irritem com a espera.

2. Audição

Músicas marcam o nosso inconsciente, não é mesmo? A audição gera uma associação muito poderosa a lembranças e sensações. Sendo assim, dá para deixar sua marca na mente dos clientes apenas com a ambientação criada pelos sons. Estude seu público, entenda o que eles gostam e crie uma playlist de acordo com essa análise.

Uma padaria não combina com uma batida agitada e muito alta logo de manhã, mas não pode fazer com que seus cientes fiquem ainda mais sonolentos. Encontrar sons animados sem exagero é uma boa escolha, por exemplo. Um supermercado também pode pensar em opções “para cima” para não deixar que o processo de encontrar todos os itens da lista mensal fique tão massante.

Mesmo que uma música não faça necessariamente alguém fechar uma compra, ela gera uma experiência positiva – assim, a fidelização de público aumenta. Afinal, quem quer sempre ter que ir em um espaço que o deixa desconfortável? É claro que apenas a audição não basta, é necessário ter um atendimento de qualidade e um solução de gestão de fluxo de caixa pode fazer toda a diferença.

Falamos mais sobre esse assunto no post Frente de caixa: o que realmente precisamos saber!

3. Tato

Associamos muito o tato com o toque das mãos apenas, sentir texturas e temperatura, por exemplo. No entanto, os gatilhos para esse sentido vão muito além: eles estão relacionados com o conforto do corpo num geral. Sendo assim, a experiência de seu cliente pode ser modificada até mesmo por uma cadeira. Você já tinha parado para pensar sobre isso?

A disposição de móveis e composição do ambiente evitam pequenos acidentes que irritam qualquer pessoa. Se os consumidores ficam sentados esperando algo, é bom ter mais cuidado com os assentos. Eles podem incomodar e fazer parecer que demorou muito mais tempo do que o real, fazendo que não queiram voltar.

A experiência também pode ser negativa caso o espaço seja muito frio ou muito quente – quem nunca entrou em um mercado que parecia mais uma geladeira, não é? Caso tenha um delivery, tambem há formas de gerar uma associação positiva pelo tato. Basta procurar por embalagens seguras, fáceis de manusear e que tenham um material que não seja desconfortável de pegar.

4. Olfato

Talvez um dos sentidos mais ligados a memória seja o olfato. Cheiros nos lembrar locais, emoções e pessoas que gostamos. Sua marca pode ser favorecida por isso, tendo um cheiro que sempre faça clientes lembrarem da marca ou intensificando o aroma dos produtos para gerar um desejo. Por exemplo, quem nunca sentiu o cheiro de algo e automaticamente ficou fome?

Se trabalha com produtos industrializados, a melhor escolha é usar um perfume ambiente para ficar na memória. Caso trabalhe com entregas, essa mesma fragrância pode estar na embalagem para ainda marcar presença. Lembre-se que essa também é uma tática para passar a imagem que deseja para seu empreendimento, então essa é uma decisão importante.

Já para locais que produzem alimentos, busque disfarçar cheiros fortes como peixes, caso haja esse ingrediente em algum preparo, e intensifique outros. Algumas essências têm um impacto grande para o emocional. O marketing sensorial entra na hora de escolher o que gera uma experiência melhor para vendas, então busque um aroma que tenha relação com seu produto.

5. Paladar

O paladar está muito ligado ao olfato, portanto, relacionado às emoções. A comida pode ser um motivador para reunir famílias, amigos, está presente em reuniões e celebrações. Sendo assim, esse sentido tem potencial de criar uma atmosfera mais confortável e descontraída, e você pode usar isso a favor de seu negócio.

Oferecer aperitivos ou amostras de um produto, faz com que o comprador fique menos desconfortável caso esteja esperando. O mesmo vale nos supermercados: fornecer pequenas porções de um produto novo irá chamar atenção do público para algo que talvez ele nem precise, mas gostou. É uma maneira de reforçar a qualidade e o sabor sem igual que podem encontrar entre suas opções.

Em restaurantes, padarias ou lanchonetes, por exemplo, é possível servir uma entrada para que consumam e conversem enquanto o pedido não sai. Ou, servir pequenas porções de um novo sabor de recheio para que o cliente possa opinar e conhecer. Isso faz com que a presença de sua marca seja marcada positivamente e eles ficarão com “água na boca” para o que está sendo preparado.

Depois de todas essas dicas de marketing sensorial, fica mais fácil entender por que ele é tão eficaz, não é mesmo? Escolha as táticas que melhor combinem com seu tipo de empresa, inspire-se em nossos exemplos e crie novas formas de conquistar o público.

O blog da SG Sistemas tem os melhores conteúdos sobre empreendedorismo, certamente nossas ideias irão te ajudar. Não deixe de conferir o post sobre gestão de equipe de formas simples e assertiva para que todos os colaboradores possam trabalhar com o seu melhor!

Roger Toshi

Roger Toshi, apaixonado por tecnologia aplicada ao varejo, é formado em Direito pela Unicesumar, com MBA em Gestão de Pessoas e Liderança pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Desde 2017 atua como gerente Administrativo e de Marketing da SG Sistemas.

Deixe um comentário