Sistema de gestão de qualidade – definição e vantagens

Sistema de gestão de qualidade – definição e vantagens

Você sabe o que é e para que serve um sistema de gestão de qualidade? Ou melhor, você conhece todas as vantagens desse sistema para o seu negócio?! Bom, talvez você conheça todos esses pontos, mas implementar o sistema de gestão da maneira correta, definitivamente, não é uma tarefa simples.

Por outro lado, conhecer melhor essas atividades e aprender a executá-las de forma adequada é um grande passo rumo ao crescimento do seu negócio. Por isso, nesta publicação, separamos os principais pontos acerca do sistema de gestão de qualidade, com as vantagens e um passo a passo para implementação.

Mas, antes de mais nada, vamos entender de uma vez por todas o que é sistema de gestão de qualidade. Vamos lá!

O que é um sistema de gestão de qualidade?

O sistema de gestão de qualidade (SGQ) é uma tecnologia eficiente que engloba diversas atividades de ordenação, para que haja otimização os processos de um empreendimento, encontrar e corrigir problemas e garantir um crescimento exponencial de uma empresa.

Trata-se de um sistema que busca dar controle aos gestores, padronizando as etapas de trabalho dos colaboradores. Para além de facilitar as atividades de uma empresa, o SGQ procura atingir o objetivo principal do estabelecimento, da melhor foram possível.

Mas afinal, você sabe qual a importância da implementação desse sistema?

A necessidade da aplicação de atividades ligadas à gestão, se dá, justamente, pelo fato de que os empreendimentos que possuem os melhores resultados e dispõem de lucros altíssimos utilizam um sistema de gestão de qualidade. A qualidade, nesse caso, é uma meta a ser atingida e é daí que vem a nomenclatura do sistema.

Não é somente com gestão de qualidade que se faz um bom negócio, outras gestões empresariais como gestão de custos ou de fornecedores também são importantes para administrar sua empresa. Confira nossa publicação sobre para que serve e como utilizar uma gestão de custos.

O que é um sistema de gestão de qualidade?

Características de um SGQ

Há sete conceitos que embasam as concepções do sistema de gestão de qualidade:

  • atenção aos consumidores;
  • autoridade e autonomia;
  • união colaborativa;
  • identificação dos problemas;
  • aplicação do SGQ;
  • soluções para as problemáticas;
  • boa relação e gestão de fornecedores.

Abaixo, listamos os principais deles. Se quiser se aprofundar no último ponto, sugerimos a leitura de outro post disponível aqui em nosso blog. Acesse: Gestão de fornecedores – como torná-la aliada do seu negócio?

Atenção aos consumidores

O foco principal e inicial de uma empresa deve ser o consumidor. Este é o primeiro passo para trilhar estratégias de melhoria em cada setor. Entender os anseios e expectativas do seu público-alvo é essencial para criar um laço efetivo com o cliente e assegurá-lo como um consumidor fiel.

Inclusive, já fizemos uma publicação sobre a psicologia do consumidor com dicas fundamentais para conquistar clientes. Confira!

Aplicação do Sistema de Gestão da Qualidade

Após identificar os principais problemas da sua empresa, é hora da implementação do sistema de gestão de qualidade. Neste momento, deve ser realizado um balanço geral das entradas e saídas de mercadoria, produto ou serviço. Esta é a principal forma de compreender as lacunas do seu empreendimento, mas, se você ainda não sabe como implementar o sistema, vamos falar mais sobre isso nos tópicos abaixo.

Soluções para as problemáticas

Delimitar estratégias de solução para os problemas de uma empresa é, talvez, a etapa mais complicada do processo. Para te ajudar, um sistema de gestão de qualidade funciona justamente para resolver as adversidades de um empreendimento.

Ferramentas para gestão de qualidade

Uma ferramenta de gestão de qualidade é um diferencial para qualquer empresa, dado todos motivos que mencionamos acima. Em geral, são necessários vários sistemas para garantir uma gestão de qualidade adequada. Dentre elas, podemos listar:

  • Fluxograma e diagrama;
  • Planilha de apuração;
  • Ferramenta de PDCA (planejamento, execução, verificação e ação);
  • Diagrama de Pareto;
  • Estudo de viabilidade com análise Swot;
  • Dados para controle;
  • Seis sigma.

O ERP, sistema de gestão integrada da SG Sistemas, funciona como união de todas ferramentas listadas. De forma resumida, o ERP (Enterprise Resource Planning) é um sistema que incorpora todas etapas rotineiras de uma empresa. Veja mais sobre essa ferramenta na publicação “O que é ERP e para que serve esse sistema na gestão de sua empresa“.

As diversas soluções presentes nos nossos serviços colaboram diretamente na gestão de qualidade da sua empresa. Uma boa gestão de qualidade facilita a vida dos empreendedores que entendem a importância e buscam implementar em seu negócio.

Ferramentas para gestão de qualidade

5 passos para implementação de um SGQ

Agora que você conhece o sistema de gestão de qualidade e sabe a importância dele no desenvolvimento de uma empresa, é hora de colocar a mão na massa. Selecionamos abaixo um passo a passo simples e prático para você finalmente implantar o sistema. Mas, antes, precisamos esclarecer que este processo demanda atenção, preparo e, por vezes, também pode ser demorado.

1. Torne um hábito

Como se trata de um processo demorado, precisamos entender a necessidade de tornar as etapas a seguir um hábito. Os próximos passos precisam fazer parte das atividades cotidianas da sua empresa, uma tarefa igual a outras funções comuns aos colaboradores que, por sua vez, são peças-chaves no sistema de gestão de qualidade.

2. Garanta que todos os colaboradores estejam envolvidos

Para ter qualidade nos seus produtos ou serviços, assim como nos processos da sua empresa, é interessante que todos os funcionários estejam em comum acordo com as demandas, metas e objetivos da organização. Tente uma comunicação que seja efetiva, aberta e, mais do que isso, garanta que seu colaborador tenha treinos de aprimoramento constantes.

3. Estabeleça as prioridades de materiais e etapas

O terceiro passo é saber diferenciar aquilo que é prioridade e o que não é. Aquilo que necessita de mais atenção e aquilo que já atingiu os resultados esperados.

O que isso quer dizer?

Na prática esse passo é mais simples do que parece. É bastante complexo aplicar um sistema de gestão de qualidade em todos os setores da empresa, dessa forma, primeiro escolha o setor com maior necessidade. O mesmo vale para os produtos ou serviços que mais precisam da sua atenção. Saber categorizar as prioridades do seu negócio é muito importante.

4. Determine processos para coletar informações

Uma das características desse e de outros sistemas de gestão é gerar dados e informações do setor trabalhado. Portanto, é necessário encontrar um processo de coleta de informações que seja eficaz. E quando falamos “eficaz”, falamos sobre coletas que não são perdidas ou desviadas de foco, uma vez que essas informações são coletadas por um motivo – encontrar problemas e solucioná-los.

5. Veja o que os indicadores tem a dizer

Por fim, mas igualmente importante, observe o que aponta seus indicadores. Eles serão responsáveis por indicar quais os passos devem ser tomados a seguir, pois mostrarão aquilo que está bom, aquilo que pode melhorar e o que não está aceitável. Trata-se de uma das etapas mais importantes da implementação, dessa maneira, dê a devida atenção a ela.

Um sistema de gestão de qualidade devidamente aplicado é capaz de oferecer frutos incríveis ao seu empreendimento, mas saber implementar pode não ser uma tarefa simples, por isso, as soluções de gerenciamento da SG Sistemas podem – e vão – te ajudar nessa etapa.

Fique por dentro de outras publicações no nosso blog e não perca nada do universo da gestão dos negócios.

Roger Toshi

Roger Toshi, apaixonado por tecnologia aplicada ao varejo, é formado em Direito pela Unicesumar, com MBA em Gestão de Pessoas e Liderança pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Desde 2017 atua como gerente Administrativo e de Marketing da SG Sistemas.

Deixe um comentário