21

jul
2020
Quais as vantagens de ter um inventário rotativo no seu Supermercado?

O inventário rotativo faz parte das soluções em controle de mercadorias que as empresas adotam como forma de logística, controle de estoques e identificação de problemas potenciais. Trata-se de uma forma de gestão eficiente, mas que pode gerar dúvidas nos gestores e donos de supermercados.

Afinal, você sabe o que é um inventário rotativo e como ele funciona? Antes de tudo, é importante entendermos que uma das principais ferramentas para manutenção da cadeia de suprimentos – do armazenamento da matéria prima ao consumo – é o controle dos níveis de estoque.

Além disso, outro principal aspecto de uma empresa de sucesso é a presença de uma logística bem estruturada, que atenda às necessidades de todos os seus setores. Mas para que isso aconteça, a empresa deve adotar uma excelente solução no que diz respeito ao controle das suas mercadorias: é aí que entra o inventário!

No caso de uma empresa de varejo, especialmente os supermercados, o local de armazenamento dos produtos é um ponto vital, pois é necessário que ele seja útil, funcional e tenha espaço o suficiente para acondicionar as mercadorias.

Quer saber mais sobre o assunto e entender, de uma vez por todas, os processos de um inventário rotativo bem estruturado? A SG te explica tudo o que você precisa sobre o assunto, incluindo os conceitos, vantagens e como implementá-lo em seu comércio.

Acompanhe a leitura e saiba mais, veja só:

O que é um inventário rotativo?

De uma maneira simples, o inventário rotativo é um processo contínuo de recontagem de um estoque, que acontece em uma periodicidade definida pela empresa. É uma metodologia semelhante ao inventário tradicional, mas com suas especificidades:

  • Existe uma cadência pré-determinada, com um intervalo específico, que pode ser mensal, semanal ou até mesmo diário, dependendo do tamanho do estoque e da empresa;
  • O inventário rotativo visa a contagem dos produtos tanto nas prateleiras acessíveis para os clientes no interior da loja, quanto os que estão no estoque;
  • É necessária uma agilidade superior ao inventário tradicional, graças à característica da periodicidade pré-definida.
  • A margem de erros é menor, devido à constância e a maior precisão. Por conta disso, é garantida uma maior segurança no controle de estoque.

E sabe o que é melhor? Com o rotativo, não é necessário parar todo o estoque para fazer balanço: é possível que a contagem seja feita rapidamente devido à regularidade de controle.

Você pode se perguntar: mas por que utilizar o inventário rotativo em vez do tradicional? Qual sua utilidade? Para te ajudar, vamos explicar melhor sobre as vantagens de usar essa metodologia, confira:

Por que adotar o inventário rotativo na empresa?

Quem tem estoque em seu comércio sabe o quanto é difícil manter o controle do inventário. Isso pode resultar em problemas como desperdícios, discrepâncias entre as quantidades reais e levantadas e outros.

Isso, sozinho, já é motivo para se ter, ao menos, algum tipo de inventário, concorda? Dentro dos tipos de inventários, a metodologia rotativa apresenta algumas vantagens extras, a saber:

  • É um método eficaz para reduzir as imprecisões e também possíveis ações de má fé dentro da empresa;
  • Possibilita um controle muito mais completo do estoque de produtos e, consequentemente, ter uma margem de lucro mais real;
  • Integra as equipes de repositores e fiscais, assim como as áreas de compras e o financeiro da empresa, já que os dados estarão muito mais claros para todos realizarem um trabalho muito mais assertivo.

Como proprietário do seu negócio, você já deve ter percebido como pode ser fundamental para o crescimento sólido da empresa implementar o inventário rotativo nas ações de controle de estoque e vendas. Mas, para quem nunca fez este inventário, a questão é como aplicar o inventário rotativo.

E em supermercados, quais as vantagens?

Implementar essa metodologia de controle e gestão possibilita vantagens não só apenas benefícios para as empresas de inúmeros nichos e setores do comércio, mas também é uma maneira de logística muito efetiva em supermercados.

O abastecimento dos estoques é um fator que influencia diretamente o ciclo de vida dos clientes dentro do estabelecimento, assim como determina quais ações podem ser desenvolvidas e quais os mecanismos de gestão realmente funcionam dentro do seu supermercado.

Não só isso, mas, uma vez que a mercadoria é o principal item de consumo e, consequentemente, fonte de lucros, quanto mais efetivas as medidas de gestão, maiores as possibilidades de maximização do superávit.

Por fim, a metodologia rotativa é uma forma honesta e praticamente à prova de erros de saber sobre o fluxo, o giro, os custos reais, as despesas e projetar campanhas, definir orçamentos e planejar o estoque sazonal do seu negócio.

Aliás, já falamos tudo sobre estoque sazonal aqui no blog – não deixe de conferir!

Como fazer o inventário rotativo: passo a passo

Para começar a implantar o inventário rotativo, é preciso seguir alguns passos simples, que a SG lista para você, veja:

1. Primeiro, é preciso ter uma equipe qualificada para executar o serviço, até mesmo as pessoas são fundamentais em processo de contagem e recontagem;

2. Você precisa ter também uma equipe altamente confiável, para que a contagem não tenha furos. Se você ainda não tem essa equipe dentro da sua empresa, análise de perfis e treinamentos serão necessários para compor um time altamente eficaz na confecção deste inventário;

3. Estabelecer a periodicidade do inventário: diário, semanal, quinzenal, mensal etc;

4. Corrigir, ao longo do percurso, os erros e falhas do processo, anotando-os e eliminando-os à medida em que os inventários vão acontecendo. Você pode, por exemplo, designar as contagens por setores e estipular a entrega de relatórios;

5. Investir em um sistema de automação, para que a contagem fica muito mais eficiente. Com ele, é possível realizar a contagem por grupo de produtos específicos, fornecer dados sobre os produtos, as marcas e os fornecedores, bem como qual saber qual a real saída destes itens do interior da loja.

E aí, gostou das nossas dicas sobre a importância e implementação do inventário rotativo no seu supermercado? Tenha uma visão completa e mais segura do seu negócio.

As melhores dicas sobre empreendimento do ramo varejista estão aqui no blog da SG Sistemas – acompanhe nossas atualizações semanais e fique por dentro de todas as novidades! Até mais!

  • Tags: