Gestão integrada: características, funcionalidades e benefícios

Gestão integrada: características, funcionalidades e benefícios

Gestão integrada é o nome dado a administração de todos os setores de uma empresa de forma vinculada. Trata-se de uma solução interessante para as empresas melhorarem suas atividades internas. Apesar disso, muitas pessoas ainda desconhecem esse processo ou não entendem todas as suas funcionalidades e benefícios.

Há a possibilidade de utilizar um software para que a gestão integrada seja otimizada, como é o caso de organizações que utilizam os Sistemas de Gestão Integrada – ou ERP, como também são chamados. Esses sistemas, com certeza, são uma das ferramentas que todo empreendedor deveria conhecer. Confira todas elas na nossa publicação “Melhores ferramentas para empreendedores

Pensando que a gestão integrada é uma alternativa eficaz para todo e qualquer tipo de empreendimento, selecionamos todas as informações necessárias para você conhecer e utilizá-la. Com as principais características, aplicações, benefícios e, ainda, um exemplo prático de utilização.

Como funciona a gestão integrada?

Ilustração de pessoas trabalhando em uma gestão integrada

A gestão integrada funciona como uma centralização de setores empresariais, influenciando, direta e indiretamente, no crescimento da empresa. De maneira geral, a gestão integrada trabalha junto a um software para automatizar e otimizar esses processos, uma vez que, dessa forma, tudo fica mais simples.

O objetivo da gestão integrada é reconhecer e incluir todas as informações e dados de uma empresa em um lugar só. Com isso, é possível ter mais controle sobre o que acontece dentro de um empreendimento. O gestor, ou pessoa encarregada, consegue perceber os desempenhos dos setores e, a partir daí, encontrar soluções e estratégias.

Funcionalidades e benefícios

As funcionalidades da gestão integrada servem às necessidades da gestão e controle de uma empresa. Há uma diversidade de funções da gestão integrada, selecionamos elas em tópicos abaixo, confira:

  • Otimizações das atividades: a gestão integrada evita que os trabalhos sejam feitos duas vezes;
  • Dados confiáveis: a maneira como são registradas as informações colabora para a organização e garante sua confiabilidade;
  • Controle do estoque: evita que mercadorias fiquem paradas e que prejuízos sejam gerados pelo mero descuido com a administração de estoques;
  • Melhora no desempenho dos colaboradores: o fluxo de trabalho de todos os setores são otimizados e organizados, sobrando tempo para dobrar a produtividade;
  • Diminuição de custos e trabalhos: os retrabalhos e erros geram custo e, eliminando essas problemáticas, as empresas conseguem perceber uma melhora significativa nos aspectos financeiros
  • Comunicação melhorada entre os setores: essa é uma qualidade específica dos sistemas de gestão integrada, em que a comunicação entre os setores também são centralizadas, colaborando no processo de atualização das atividades interna da empresa.

Sistema de Gestão Integrada – ERP

O Sistema de Gestão Integrada (ERP) é um software que coloca em prática todas as características da gestão integrada. É ele quem facilita a vida dos gestores e empresários que procuram alternativas de aperfeiçoamento. O SG EPR, por exemplo, está entre os melhores sistemas de gestão para pequenas e médicas empresas. Inclusive, já fizemos uma publicação com mais informações sobre o SG ERP – o melhor sistema de gestão para negócios pequenos, confira!

O sistema ERP é um programa que trabalha dentro do cotidiano de um negócio, integrando todas as etapas e divisões de uma empresa. Além disso, o sistema de gestão integrada ERP simplifica a documentação das tarefas diárias e sua organização.

A ferramenta integra os módulos empresariais de forma inteligente, conseguindo rastrear todos os produtos presentes em um estoque e até quando não houver mais. Para além disso, o sistema de gestão integrado ERP possui outras propriedades igualmente importantes.

Veja também nossa outra publicação com a definição e características do Sistema ERP.

A gestão integrada na prática

Para entender melhor a ideia, conceito e funcionalidades da gestão integrada, optamos por trazer um exemplo prático da gestão integrada e, para isso, selecionamos um ramo em que ela é amplamente indicada: os supermercados.

Ilustração de pessoas trabalhando de forma interligada

Gestão integrada para mercados

Os mercados e supermercados necessitam de todas as funções dispostas em um sistema de gestão integrada e, o principal dele, é a padronização de processos. Para um mercado ou estabelecimento de varejo, esta é uma das características indispensáveis para que as atividades funcionem da maneira correta.

O controle de estoque também é um aspecto importante para estes negócios. Ao contrário do que muitas pessoas acreditam, não são somente os grandes supermercados que necessitam da aplicação de gestão integrada, mas também os pequenos e médios. O Sistema SG ERP, por exemplo, é ainda mais indicado para empresas menores, justamente para garantir um crescimento exponencial.

Caso você tenha se interessado pelo assunto, veja as variadas soluções da SG Sistemas focadas na gestão integrada para pequenas e médias empresas.

O processo de gestão integrada é importante para a organização, otimização das atividades, redução de custos, aumento de produtividade e muito mais. Trata-se de um software para facilitar a vida dos empresários que buscam um padrão de progresso para seu negócio.

Agora que você conhece as características e benefícios da gestão integrada, considere aplicá-lo a sua empresa.

Ah! Não se esqueça de conferir nossas outras publicações no blog com tudo sobre o universo da gestão integrada para pequenas, médias e grandes empresas.

Roger Toshi

Roger Toshi, apaixonado por tecnologia aplicada ao varejo, é formado em Direito pela Unicesumar, com MBA em Gestão de Pessoas e Liderança pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Desde 2017 atua como gerente Administrativo e de Marketing da SG Sistemas.

Deixe um comentário