16

jul
2018
E agora? Instalar o Software de Gestão em Windows ou Linux?

E agora? Instalar o Software de Gestão em Windows ou Linux?

A automatização dos negócios já é uma realidade que todo empresário já deve estar ciente e deve implantar no seu negócio. Então, é uma obrigação atual para o investidor ir atrás de um sistema que atenda às necessidades do seu negócio, por isso é importante ter em mente que deve optar por um sistema completo e integrado.

 

Depois de escolher um software adequado para atender as suas necessidades, surge a dúvida: qual sistema operacional em que o sistema deve ser instalado, Windows ou Linux? Para isso, é preciso entender primeiro as diferenças entre eles e, depois, decidir com base nas necessidades do seu negócio.

 

Diferenças entre Linux e Windows

trocar o software

É preciso entender, primeiro, as principais diferenças entre esses dois sistemas operacionais. O Windows, logicamente, é conhecido pela maioria das pessoas, uma vez que é o sistema operacional mais utilizado no mundo todo. Então, ter conhecimento sobre o Linux é muito viável, pois vai te ajudar a compreender se ele atende as especificações do seu negócio.

 

A primeira diferença que surge entre esses sistemas é o acesso ao código-fonte. O Linux se diferencia do Windows por que permite o acesso ao seu código-fonte, isso significa que qualquer usuário pode realizar alterações no seu código-fonte. Isso pode possibilitar ao usuário adaptar o sistema para atender alguma necessidade especifica do seu negócio, diferente do Windows que possui o código-fonte restrito.

 

A questão da liberdade de licença também é um ponto a ser considerado, por que o Linux permite a empresa a fazer cópias de distribuição sem restrições, saindo muito mais barato para o empresário que trabalha com muitos computadores. Já no caso do Windows, o empresário necessita comprar a licença de uso para cada computador, visto que não é permitido fazer cópias do sistema operacional Windows.

 

A questão de instalação de aplicativos também é fundamental a ser avaliada, pois dependendo do modo de trabalhar da empresa, é possível que os usuários utilizem diversos softwares para realizar as suas atividades. Nesse quesito, o Linux tem um gerenciador que centraliza a instalação de aplicativos, como o Synaptic similar a Playstore do Google. Então, o Linux possui essa central que permite baixar e instalar os aplicativos que o usuário deseja.

 

O Windows necessita que o usuário baixe os softwares que necessita diretamente dos sites dos fornecedores dos mesmos, já no Linux esse processo é muito mais simples. Além do mais, grande parte dos aplicativos para Linux é gratuito ou tem baixo custo, já em Windows são necessárias as licenças e certificações para utilizar muitos softwares que venham a ser requisitados.

 

O suporte aos usuários também se diferencia nesse momento. O Windows possui um suporte institucionalizado, feito por meio de help-desk pago. Geralmente, as questões mais comuns ficam disponíveis no próprio no site do Windows. Além de ser possível esclarecer em fóruns, em que são debatidas diversas dúvidas.

Quanto ao Linux, a rede de fóruns de usuários é muito maior, além de serem gratuitas. Porém, também é possível se obter suporte pago para Linux.

 

Entenda suas necessidades

aumentar as vendas

Conforme dito anteriormente, é importante entender as necessidades da sua empresa em utilizar um ou outro sistema operacional. Observar, também, que há vantagens e desvantagens dentro de cada um.

Se considerarmos o valor, o Linux sai na frente do Windows por se tratar de um sistema muito mais barato em termos de licença. Contudo, há muito poucos profissionais habilitados para utilizar Linux no mercado de trabalho, visto que a grande maioria das pessoas aprendem a operar o computador em Windows, dessa forma, caso o empresário opte pelo Linux, pode ser que necessite capacitar seus funcionários e investir em treinamentos para isso.

O Linux também é famoso por ser mais seguro que o Windows, uma vez que é muito menos atacado por vírus ou por Hackers, por ser um sistema menos utilizado. Contudo, é sempre recomendado utilizar um antivírus, uma vez que os computadores estão armazenando dados muito importantes ao negócio da empresa.

Já o Windows tem a vantagem de ser um sistema operacional considerado universal, por que é muito mais flexível em vários âmbitos. São fáceis de serem encontrados sistemas e aplicativos compatíveis ao Windows do que ao Linux, além de ser um sistema muito mais simples de ser utilizado. É importante avaliar para quais finalidades as máquinas serão utilizadas, dessa maneira, o empresário tem mais noção sobre qual sistema operacional utilizar em seus processos de trabalho.

Softwares compatíveis com os dois sistemas

Com as informações acima, o empresário tem a capacidade de avaliar melhor as necessidades do seu negócio. Porém, é importante ressaltarmos que o Sistema ERP da SG Sistemas possui versão para ambos os ambientes operacionais. Então, independente da escolha do sistema operacional a ser instalados nos computadores da empresa, o nosso sistema está pronto para te atender.

Conheças as versões do SG ERP Linux e do SG ERP Windows.

Leia também: 3 soluções essenciais para sua empresa

  • Tags: