Controle de estoque para supermercados: como fazer?

Controle de estoque para supermercados: como fazer?

Fazer o controle de estoque correto é uma das atividades mais importantes de uma empresa, principalmente quando o estabelecimento vende muitos produtos diferentes. Saber a quantidade de mercadorias que há estocada e o que está em falta é essencial para que o negócio consiga caminhar.

A SG Sistemas preparou um conteúdo para te mostrar a importância de se preocupar com a entrada e saída de itens de sua empresa. Falaremos também, de forma mais detalhada, sobre como Sistemas de Gestão e Controle de Estoque e Vendas funciona em supermercados. Continue a leitura e saiba mais!

O que é controle de estoque

Afinal, o que é controle de estoque?

O controle de estoque nada mais é do que uma forma de medir a quantidade de produtos disponível em uma loja, bem como mensurar quanto vale cada um deles. É uma atividade simples, porém, se não for dada devida atenção, o trabalho tende a dobrar e se tornar cansativo. E é aí que os representantes pecam e os chamados “furos de estoque” começam a dar as caras.

O principal objetivo desse gerenciamento é avaliar se o consumo dos produtos está em conformidade com a necessidade, se existe qualquer tipo de desvio e, ainda, as estimativas de vendas.

Por que o controle de estoque é importante em uma empresa?

Como a gestão de um negócio acaba interligando diversos setores, processos e envolve muitas etapas, seria impossível listar todos os pontos que um bom gerenciamento de estoque pode melhorar. Por isso, separamos os mais importantes motivos que tornam ainda mais importantes os cuidados com essa questão!

1. Melhora o processo de compras

Ao gerenciar correntemente as quantidades de produtos disponíveis em seu estoque, conseguirá mensurar quando é o melhor momento para fazer mais um pedido a cada fornecedor. Assim, não correrá riscos de acabar os produtos antes da próxima remessa chegar ao seu armazenamento.

Se quiser entender melhor como saber o momento de refazer o pedido de cada item, confira o post “Ponto de ressuprimento: o que é e como calculá-lo“.

2. Contribui com o planejamento financeiro

A compra de produtos em quantidades exacerbadas é capaz de comprometer o caixa do estabelecimento e provocar custos bastante altos. Com uma gestão de estoque você consegue ter uma visão panorâmica do setor e avaliar o que foi gasto anteriormente para, assim, se prevenir para os próximos meses.

3. Ajuda a controlar o inventário

Essa tarefa de produtividade não diz respeito somente à gestão de produtos da empresa. Ter um controle do inventário, com o auxílio do sistema, faz com que possamos registrar os ativos, especificações das mercadorias, bem como sua vida útil, tempo em que deve ser substituído e afins.

4. Oferece relatórios de gestão

Relatórios precisos e completos são fundamentais para a saúde de qualquer empresa. Por meio deles, podemos verificar como vai o desempenho do setor. Quando se faz um controle de estoque adequado, você e sua equipe de gestão conseguem mais facilmente os dados para preparar esses documentos.

Controle de estoque para supermercado: como funciona?

Os supermercados são empresas com grande procura, afinal, o consumo dos itens domésticos é um processo rápido e exige reposição constante. No entanto, imagine que toda vez que vai às compras no mercado de seu bairro, não encontra os principais itens de sua lista… Você provavelmente iria mudar sua fidelidade a outro estabelecimento, certo?

Para entender a gestão de estoque de supermercados é preciso compreender que esta é relacionada à experiência do cliente durante o período de compras. Diversos fatores influenciam na opinião do cliente sobre o que é uma boa experiência de compra: atendimento e facilidade na realização das compras, variedades de opções de produtos, além da disponibilidade dos mesmos nas gôndolas da loja.

Sendo assim, o controle de estoque de supermercado funciona entendendo quais os itens que mais saem do estoque, quais são os itens que demoram mais para serem entregues pelos fornecedores e considerando os prazos de validade – pois alimentos normalmente acabam vencendo mais rápido que outros produtos.

Dicas para melhorar o controle de estoque

Dicas para melhorar o controle de estoque do seu supermercado

Confira os três principais pontos que vão melhorar (e muito!) seu sistema de gerenciamento de estoque!

Faça uma boa prevenção de perdas

Conforme foi dito anteriormente o supermercado necessita uma grande quantidade de produtos, bem como diversas marcas a fim de atender todas as demandas dos clientes. Contudo, o supermercado não pode ter um estoque superlotado, uma vez que isso pode levar a perda de produtos.

A prevenção de danos também age no controle de produtos quebrados, desviados ou perdidos no momento de armazenamento. Explicamos todos os detalhes sobre isso em nosso post completo sobre prevenção de perdas no supermercado. Não deixe de conferir!

Invista na qualidade de armazenamento

Além de ter um controle da quantidade de produtos em estoque, existe a preocupação de como será armazenada essa grande quantidade de produtos, uma vez que existe uma logística para que as mercadorias sejam guardadas conforme suas propriedades.

Portanto, o supermercado deve ter um espaço físico adequado com capacidade suficiente para atender a demanda de clientes durante a semana ou mesmo durante o dia. É altamente recomendado que o local tenha as condições adequadas para o armazenamento de alimentos perecíveis, pois existem determinados itens que necessitam de condições especificas devidos as suas propriedades.

Um exemplo prático disso são os laticínios (como queijos, iogurtes, etc.), alguns tipos de embutidos, carnes, bovina, de peixes e de aves que necessitam ser armazenados em freezers ou câmaras frias, pois são alimentos altamente perecíveis, caso não sejam guardados adequadamente podem ser perdidos.

Tenha o apoio de uma ferramentas de gestão

Existem Sistemas de Gerenciamento de estoque que funcionam digitalmente e integram todas as informações de compra e vendas de sua loja. O melhor é que essas ferramentas são úteis não apenas para as grandes redes de supermercado, como também para as pequenas empresas com minimercados e padarias.

Implementando um sistema pode ser a solução ideal para lidar com essa situação. Ele ficará responsável por organizar a compra das mercadorias. Assim, é possível ter uma visualização mais ampla e assertiva de quantidade, de atrasos e excessos. Também terá mais rapidez para acessar os relatórios de seu negócio.

Aprendendo todas essas informações sobre controle de estoque, poderá melhorar a organização de sua empresa e ainda ajudar a aumentar a lucratividade da marca. Aqui no blog da SG Sistemas você pode encontrar muito mais dicas para melhorar a gestão de seu supermercado!

Roger Toshi

Roger Toshi, apaixonado por tecnologia aplicada ao varejo, é formado em Direito pela Unicesumar, com MBA em Gestão de Pessoas e Liderança pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Desde 2017 atua como gerente Administrativo e de Marketing da SG Sistemas.

Deixe um comentário