Saiba como criar um cardápio digital e inove no atendimento

Saiba como criar um cardápio digital e inove no atendimento

Você sabe como criar um cardápio digital? Ou melhor, você sabe como desenvolver um que seja efetivo e que traga resultados? Os cardápios digitais são cada vez mais comuns e vieram para ficar. O segredo é estarmos atentos a alguns detalhes para captar o consumidor e entregar funcionalidade e praticidade.

Ter todas essas características em um cardápio, definitivamente, não é uma tarefa simples. Pensando nisso, reunimos todas as informações necessárias para te ajudar a criar um cardápio digital que atenda as necessidades e expectativas do seu cliente. Além disso, nesta publicação, você entenderá um pouco mais sobre a importância de um cardápio digital para um negócio.

Continue lendo e conheça todos os tipos de cardápios digitais, junto a um passo a passo simples e prático para elaborar o seu!

Inclusive, fizemos também um post sobre ideias para pizzarias delivery inovarem nos negócios. Não deixe de conferir!

Ilustração com texto sobre a importância do cardápio digital para um negócio

A importância de um cardápio digital para um negócio

O cardápio digital é uma inovação dos setores alimentícios que ganha cada vez mais espaço nos estabelecimentos do mundo todo. O motivo para isso é sua ampla lista de benefícios, como a praticidade e assertividade em pedidos. Os cardápios digitais são as mais novas tecnologias para que os clientes possam pedir sua comida e bebida sem que sejam necessárias amostras físicas dos produtos.

Dentre suas vantagens, podemos destacar:

  • praticidade e agilidade nos pedidos;
  • assertividade no processo e erros mínimos nos pedidos;
  • boa experiência por parte dos clientes;
  • facilidade na alteração de informações;
  • melhora no gerenciamento e controle interno;
  • possibilidade de acrescentar novos idiomas;
  • possibilidade de interação com sistemas de gestão.

Veja mais sobre sistema de gestão de qualidade nesta publicação!

Tipos de cardápios digitais

Os cardápios digitais podem ser divididos em 6 categorias e cada um com suas características particulares, mas com a mesma lista de benefícios que listamos no tópico acima. Os mais comuns são o Menu Board Digital e o cardápio virtual, mas há outras possibilidades que você pode considerar para seu negócio, confira:

  1. cardápio em QR Code: por meio de um código de barras, o cliente tem acesso ao menu pelo próprio celular. Para este caso, o bônus é evitar o compartilhamento de materiais físicos entre os clientes. Motivo pelo qual sua popularidade aumentou consideravelmente durante a pandemia;
  2. cardápio digital em aplicativo: baixando o aplicativo do estabelecimento, o consumidor terá acesso completo ao cardápio do restaurante, a vantagem do não compartilhamento de materiais também se aplica neste caso;
  3. cardápio digital para tablet: muitos estabelecimentos se apropriaram de tablets ao invés do menu físico de uns anos para cá, sua vantagem é a possibilidade de incluir quantas informações sejam necessárias, desde imagens até outras descrições;
  4. cardápio digital com integração em sistemas de gestão: além do cliente visualizar os produtos do menu, com o cardápio integrado a um sistema de gestão, é possível que o pedido seja feito direto pelo cliente e ele chame o garçom pelo próprio menu;
  5. cardápio virtual: os cardápios virtuais são um pouco mais simples. Sua visualização é realizada por meio de redes sociais ou outras plataformas online;
  6. menu board digital: neste caso, o cardápio é visualizado de forma compartilhada entre os consumidores, em telas fixadas na parede para que todos possam ver.

Ilustração com o texto "passo a passo para desenvolver um cardápio digital"

Passo a passo para desenvolver um cardápio digital correto

Agora que você conhece um pouco mais sobre essa evolução digital no mundo dos estabelecimentos alimentícios, é o momento de entender as melhores estratégias para desenvolver seu próprio cardápio digital. Via de regra, todo menu deve ter as informações exibidas corretamente, portanto, se um prato saiu do seu restaurante, lembre-se de retirá-lo imediatamente do cardápio. Aproveite a facilidade e praticidade que esse modelo de menu te proporciona.

Esse aspecto é apenas o começo de tudo, é o básico e o essencial que um cardápio precisa ter. O que você fará de diferente é o que realmente importa. A atenção aos detalhes e ao que seu público precisa e deseja é o foco que você precisa ter. Separamos algumas dicas que você pode – e deve! – considerar na hora de elaborar seu cardápio digital.

1. Dê atenção às imagens e fotografias

As imagens são atrativos surpreendentes que o cliente procura na hora de fazer seu pedido. Imagine comigo: você está em um restaurante para jantar e sua última refeição foi há 5 horas, você abre o menu e encontra a foto da sua pizza favorita com recheio que te faz salivar. As chances de você pedir essa opção se tornam consideravelmente maiores. As fotos são poderosas e são elas que guiarão seus consumidores a realizarem o pedido.

2. Selecione cuidadosamente as informações

Apesar da facilidade de incluir quaisquer informações em um cardápio digital, essa não é uma estratégia inteligente. O excesso de palavras, fotos, imagens e informações pode deixar seu cliente cansado só de olhar. O menu precisa ser intuitivo, prático e atraente, ele não precisa contar uma narrativa inteira.

A criatividade pode se limitar apenas ao visual e não no conceito central de um cardápio: apresentar todos os pratos e produtos disponíveis.

3. Escolha uma ferramenta que atenda suas necessidades

Por fim, a escolha de uma ferramenta para compor seu cardápio digital pode ser um diferencial que te destacará da concorrência. Para tanto, utilize um sistema para restaurante capaz de integrar seu menu de uma forma surpreendente. Com ele, seu cliente poderá visualizar o cardápio digital, chamar o garçom, fazer o pedido e o controle de tudo isso ficará nas mãos do próprio estabelecimento. Tratando-se de um sistema de gestão integrado, todas as informações estarão presentes em um único lugar.

Se precisar de uma recomendação, nós temos uma: o SG Foods, nosso sistema pensado para food services como pizzarias, restaurantes, lanchonetes, deliveries e outros. Nele, é possível integrar as funções do SG Cardápio Digital e criar menus personalizados e intuitivos para seu negócio!

Considere adaptar seus serviços a cardápios digitais e melhore o desempenho e atendimento do seu negócio. Essa é uma estratégia cada vez mais comum e que gera resultados na prática. Se te interessar, confira mais sobre gestão empresarial no nosso blog com mais dicas, informações e novidades!

Gostou do nosso conteúdo? Tem mais algum assunto que você queira ver por aqui? Não deixe de nos contar e, até a próxima! Leia a seguir: Conheça o SG Foods, um software para pizzaria completo!

Roger Toshi

Roger Toshi, apaixonado por tecnologia aplicada ao varejo, é formado em Direito pela Unicesumar, com MBA em Gestão de Pessoas e Liderança pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Desde 2017 atua como gerente Administrativo e de Marketing da SG Sistemas.

Deixe um comentário