O que é ponto de equilíbrio contábil e como defini-lo?

O que é ponto de equilíbrio contábil e como defini-lo?

Entender sobre o ponto de equilíbrio é um dos passos mais importantes para se garantir uma gestão financeira adequada aos seus negócios. E tal importância se deve pelo fato do valor ser um dos primeiros a informar sobre o estado do cenário econômico de determinado empreendimento.

Portanto, a compreensão de como calcular ponto de equilíbrio é procurada por diversos negócios que desejam gerir melhor as suas finanças. Por isso cabe entender de maneira eficiente esse cálculo junto com as informações preciosas que ele pode fornecer sobre o empreendimento.

O que é ponto de equilíbrio contábil?

O ponto de equilíbrio contábil é caracterizado como o valor mínimo que o empreendimento deve gerar de receita para lidar com todas as suas despesas fixas. No momento em que esse valor é obtido o negócio não deve nada e nem lucra também.

Esse é um dos motivos para o nome do valor, já que podemos imaginar uma balança com dois pesos na qual as despesas pesam de um lado e a receita da empresa em outro. O ponto de equilíbrio seria, portanto, a geração de receita que deixasse os dois lados da balança na mesma altura.

Por que calcular o ponto de equilíbrio contábil?

A realização do cálculo do ponto de equilíbrio contábil se torna importante por auxiliar o entendimento como está o cenário financeiro da empresa e permitir um planejamento preciso. Por ser o momento no qual os valores de despesas e faturamentos se igualam, conhecer esses dois valores vai definir como tem de ser as estratégias para que esse resultado seja satisfatório ao empreendimento.

Por exemplo, as empresas que sabem calcular o ponto de equilíbrio contábil percebem com mais rapidez se suas despesas estão mais altas do que o necessário para bons lucros. Consequentemente, ao conhecer esse problema mais rápido é possível solucioná-lo de forma mais eficiente e veloz, evitando que a questão agrave outros setores do negócio.

Você também pode se interessar: Como fazer fechamento de caixa de forma prática?

Vantagens de acompanhar os indicadores de ponto de equilíbrio contábil

Dado os motivos do cálculo do ponto de equilíbrio, percebe-se que os negócios podem obter inúmeras vantagens ao aplicá-lo de forma adequada no processo de gestão. Cabe, portanto, compreender quais são esses benefícios e como o conhecimento do conceito os proporciona através dos tópicos logo abaixo!

Compreender o ticket médio

A compreensão do ticket médio surge por conta do cálculo de receita que a margem de contribuição exige para ser efetuada. Como a receita é um dos dados necessários para o cálculo do ticket médio, basta dividir o valor pelo número de vendas para obter o indicador, o ponto de equilíbrio é responsável por auxiliar o negócio a compreender o dado.

Com esse entendimento a respeito do ticket médio, a empresa tem noção de quanto fatura em média com cada cliente. Através desse conhecimento, o negócio poderá rever suas estratégias e verificar novas variáveis que possam melhorar ou manter o valor obtido no cálculo.

Entender a saúde financeira do negócio

A compreensão do estado da saúde financeira do negócio é um ponto muito importante que o cálculo do ponto de equilíbrio fornece ao gestor de maneira bem rápida e eficiente. Conforme analisamos na fórmula, quanto maior for o valor obtido no cálculo, mais longe o negócio se encontra de atingir a métrica.

Os motivos da dificuldade de se atingir o valor de ponto de equilíbrio adequado podem ser diversos. Geralmente, são os que afetam a disponibilidade de recursos que o empreendimento apresenta para investir na margem de contribuição. Os mais comuns de contribuir para esse contexto são um local físico ruim que exige maiores gastos para manutenção ou uma estratégia de negócio inviável.

Montagem de um planejamento financeiro preciso

Ao entender como a saúde financeira do negócio deve estar, o ponto de equilíbrio é responsável por alertar aos gestores sobre a necessidade de um planejamento financeiro adequado. 

As informações obtidas através da avaliação do cálculo permite que os negócios estabeleçam o nível que as finanças precisam atingir para maior estabilidade no cenário. Portanto, além do alerta da necessidade do planejamento, a empresa poderá montá-lo com base em informações seguras e que beneficiem o empreendimento analisado.

Potencializar o lucro do negócio

Com o entendimento de todos os dados anteriores fornecidos pelo ponto de equilíbrio, a empresa pode potencializar o lucro do empreendimento através da correção dos dados que forem negativos. Como o objetivo principal de cada negócio é a obtenção de lucro, o uso do valor possibilita perceber se o empreendimento está conseguindo seus ganhos adequadamente.

Basta pensar que uma empresa que consegue notar os valores de seus gastos pode montar um planejamento financeiro muito mais próximo da realidade. Consequentemente, suas projeções de vendas terão maior precisão e, portanto, o trabalho nas vendas terá um foco maior em satisfazer objetivos de melhoria do contexto.

Como calcular o ponto de equilíbrio contábil?

O cálculo do ponto de equilíbrio contábil exige o conhecimento das despesas fixas do empreendimento junto da margem de contribuição para relacioná-las em uma equação. Observe a expressão abaixo para entender como esses valores estão relacionados:

Ponto de equilíbrio = Despesas fixas / Margem de contribuição

Por se tratar de uma divisão, o primeiro ponto que se nota é que quanto maior for a margem de contribuição da empresa, mais fácil será de chegar ao ponto de equilíbrio. Por utilizarem dois dados muito importantes, é preciso garantir que essa equação seja estudada em períodos regulares para fornecer o máximo de precisão possível ao processo de gestão.

A margem de contribuição, por sua vez, é definida como o valor bruto que a empresa obteve após realizar as vendas. O cálculo da margem, portanto, segue duas etapas. A primeira é somar os custos de produção dos produtos com os impostos que incidem sobre eles. A segunda etapa é reduzir os custos com impostos pelo faturamento total das vendas.

Caso deseje saber o quanto precisa se guiar dos faturamento para a margem de contribuição, você pode dividir o valor da margem de contribuição pela receita obtida e depois multiplicar por 100. Desse modo, teremos o percentual da receita que precisa ser destinada para a margem de contribuição do negócio.

Confira também: Diferença entre faturamento e lucro: Entenda qual é!

Como saber se empresa chegou no ponto de equilíbrio?

Para saber se a empresa atingiu o ponto de equilíbrio, pode-se verificar a quantidade de recursos que sobram ao final do mês. Se não sobra nada, mas não há dúvida nenhuma, o negócio atingiu o ponto. Entretanto, o negócio deve buscar chegar ao final de períodos com recursos disponíveis tanto para fins lucrativos como de segurança. 

Por conta de toda essa importância, é importante compreender bastante sobre gestão financeira a fim de oferecer precisão nas análises do empreendimento. Caso tenha interesse, assista nosso especialista comentando sobre o assunto no vídeo abaixo e se aprofunde em todos os processos necessários!

Como fazer empresa atingir ponto de equilíbrio?

Para atingir o ponto de equilíbrio, é preciso investir em práticas de ganho de receita e o máximo redução de custos possíveis. Dessa forma, o empreendimento não só terá facilidade de atingir o resultado desejado como mostrará maiores probabilidades de alcançar bons índices de lucro em breve.

Portanto, notamos como o ponto de equilíbrio tem grande importância para compreender o cenário financeiro do negócio. Através de sua compreensão, é possível administrar os recursos de maneira mais inteligente para custear todas as despesas e, dessa forma, iniciar uma caminhada mais promissora para a obtenção de lucros interessantes!

Avalie esse post

Roger Toshi

Roger Toshi, apaixonado por tecnologia aplicada ao varejo, é formado em Direito pela Unicesumar, com MBA em Gestão de Pessoas e Liderança pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Desde 2017 atua como gerente Administrativo e de Marketing da SG Sistemas.

Deixe um comentário